<
>

Barcelona conversa com pai e agente de Haaland por negociação, que gira em torno de R$ 1,1 bilhão

Alf-Inge, pai de Erling Haaland , e o agente Mino Raiola conversaram em Barcelona nesta quinta-feira (1) com o presidente do Barcelona, Joan Laporta, sobre uma possível transferência do atacante ao clube do Camp Nou.

El Clásico Real Madrid x Barcelona acontecerá no dia 10 de abril, às 16h (horário de Brasília), e terá transmissão ao vivo de ESPN Brasil e ESPN App, além de acompanhamento em tempo real do ESPN.com.br, com VÍDEOS de lances e gols.

Fontes disseram à ESPN que a reunião de duas horas e meia - com a presença de Raiola, Alf-Inge Haaland, Laporta e o novo diretor de futebol do Barça, Mateu Alemany - foi um primeiro passo para explorar a viabilidade de um negócio, com conversas em seus estágios iniciais.

A sensação norueguesa, de 20 anos, marcou 49 gols em 49 jogos pelo Borussia Dortmund, desde que foi contratado pelo clube da Bundesliga em janeiro de 2020 ao Red Bull Salzburg.

Uma cláusula de rescisão em seu contrato não entrará em vigor até 2022, e a ESPN informou que Dortmund aceitaria 180 milhões de euros (R$ 1,1 bilhão) neste verão.

Fontes disseram à ESPN que Laporta acredita que Haaland seria uma contratação estratégica que fortaleceria o Barça por uma década ou mais, além de evitar que ele ingressasse em um clube rival.

No entanto, há uma aceitação de que a situação financeira do clube catalão tornará difícil chegar a um acordo, assim como os concorrentes Real Madrid e Manchester City.

O Barça está ciente de que uma mudança para Madri seria atraente para Haaland, enquanto o poder de fogo econômico do City o torna um sério candidato.

Laporta e o superagente Raiola têm um relacionamento forte e de longa data, mas essas conversas são o primeiro contato oficial sobre um possível negócio para a Haaland.

Fontes disseram que o papel do secretário técnico do Barcelona, ​​Ramon Planes - que Raiola conhece e confia - também pode ser fundamental.

O Barça considerou uma mudança para Haaland em 2020, antes que uma oferta fosse descartada pelo então diretor esportivo Eric Abidal.

O clube está investigando linhas de crédito que possibilitem um negócio, assim como fez para a contratação de Antoine Griezmann em 2019.

Fontes disseram à ESPN que o perfil de Haaland como um talento jovem e promissor se encaixa no novo time de Ronald Koeman do Barcelona.

Sua assinatura também seria vista como uma declaração importante e um poderoso argumento para convencer Lionel Messi a renovar seu contrato, que expira neste verão.

O Barça também está trabalhando na redução da massa salarial - ainda mais se Messi decidir ficar - e precisaria passar por gente de alta renda como Philippe Coutinho , Samuel Umtiti e até Griezmann.