<
>

Libertadores: Jornal argentino reclama de lance não revisado pelo VAR e possível pênalti cometido por Weverton em Palmeiras x River Plate; veja!

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) divulgou nesta quarta-feira (13) os áudios das conversas entre o árbitro e a equipe do VAR durante Palmeiras 0 x 2 River Plate, na última terça (12), pela semifinal da Libertadores.

Ao todo, a tecnologia revisou três lances durante a partida, entre eles um possível pênalti para o clube argentino, já nos acréscimos do 2º tempo, mas como havia impedimento no começo do lance, porém, foi marcada a infração, e sequer houve avaliação sobre a suposta penalidade.

Também nesta quarta, o tradicional jornal argentino Olé, conhecido pelo apoio incondicional aos clubes do país, reclamou de um possível quarto lance polêmico sequer foi revisado pelo VAR.

Segundo a publicação, aos 51 minutos do 2º tempo um lance envolvendo o goleiro do Palmeiras Weverton e o zagueiro do River Plate Paulo Díaz também deveria ter atenção especial da tecnologia durante a partida.

No lance (veja no vídeo acima), que se iniciou com cobrança de falta de Julián Álvarez em direção à pequena área, Luan acabou aparando a bola de cabeça antes de Weverton, que se preparava para tirá-la de soco, mas acabou acertando Díaz, que ficou caído na área. O veículo faz o questionamento se o choque do goleiro teria sido intencional ou não.

"O defensor do River sentiu de alguma forma o golpe, mas ninguém reclamou a falta e a ação não foi revista", começou por dizer o Olé.

"14 segundos se passaram desde o impacto até a nova execução da bola. Para o VAR, sem transmissão de vídeo ou áudio, não havia nada", completou.

A publicação teve opinião de Miguel Scime, ex-membro da Comissão de Árbitros da Conmebol, que afirmou que o goleiro alviverde cometeu, sim, falta no defensor do clube argentino. Isso, segundo visão do próprio veículo argentino.

Mesmo com a derrota por 2 a 0, o Palmeiras, que havia vencido por 3 a 0 na Argentina, avançou à final e agora terá como adversário o Santos, no Maracanã, na grande decisão da Conmebol Libertadores, já que nesta quarta o Peixe venceu o Boca Juniors por 3 a 0 na Vila Belmiro.