<
>

Não foi só Palmeiras: empresário revela clubes da Europa que sondaram Jean Pyerre, do Grêmio

play
Jean Pyerre titular? Renato Gaúcho pede calma: 'Existem coisas que vocês não ficam sabendo' (1:31)

'Se ele não está sendo a primeira opção, ele sabe por quê'; completou o treinador (1:31)

Um dos destaques do Grêmio, que encara o Guaraní-PAR pala Conmebol Libertadores, Jean Pyerre já foi alvo de várias equipes do Brasil e do exterior. Em setembro de 2020, ele teve seu nome envolvido em uma troca de jogadores com o Palmeiras, que foi vetada pelo presidente Romildo Bolzan Júnior.

"Alguns clubes vieram conversar comigo, mas não tivemos propostas oficias. Tiveram sondagens de Borussia Dortmund, Arsenal, Everton, Monaco, Udinese, Milan, Fiorentina e Atalanta. Eles fizeram algumas sondagens para entender qual era a maneira que o Jean poderia sair - venda ou empréstimo - e as condições. Do Monaco estivemos muito próximo de encaminhar um acordo", contou Douglas Gonçalves, um dos agentes do jogador, ao ESPN.com.br.

A multa rescisória do contrato para times europeus é de 120 milhões de euros (R$ 760 milhões).

"Nós temos camarote na Arena e os scouts de fora vêm observar. Temos amizades com alguns deles e surgiram algumas conversas. São situações rotineiras no futebol".

Além de agenciar o atleta, a empresa Sucess Sports - que tem como outro sócio Igor Zveibrucker - cuida da parte jurídica e contábil do atleta - incluindo os patrocínios. Apesar da boa fase, os empresários desejam que o meia crave seu nome na história do time tricolor antes de ir para outras equipes.

"Nós fizemos seis vagens para Europa com intuito para colocar o nome do Jean nos clubes. Queremos que antes de sair do Grêmio para a Europa ele possa ser campeão", afirmou Douglas.

Aos 22 anos, Jean Pyerre se recuperou de uma lesão sofrida no ano e da infecção por COVID-19 para se firmar na equipe comandada por Renato Gaúcho.