<
>

Palmeiras: Última série de 5 derrotas teve ameaça de rebaixamento e 'ajuda' de rival em 2014; relembre

play
Tite diz que não deixou de convocar jogadores de Flamengo ou Palmeiras por medo de desfalcar: 'Absolutamente não' (0:54)

Pedro e Bruno Henrique, por exemplo, ficaram de fora da lista; Gabriel Menino, Weverton, Rodrigo Caio e Everton Ribeiro entraram (0:54)

Ainda trabalhando nos bastidores em busca de um treinador após demitir Vanderlei Luxemburgo e ouvir um 'não' de Miguel Ángel Ramirez na última semana, o Palmeiras volta as atenções para o Campeonato Brasileiro, onde tem um problema importante para resolver: encerrar a já incômoda sequência de derrotas.

Neste domingo (25), o Verdão enfrenta o Atlético-GO, no Estádio Olímpico de Goiânia, às 16h (de Brasília), pela 18ª rodada do Brasileirão.

Comandado interinamente por Andrey Lopes, o time alviverde acumula derrotas em quatro rodadas consecutivas: Botafogo, São Paulo, Coritiba e Fortaleza, com reveses no Choque-Rei e diante do Coxa, inclusive, dentro do Allianz Parque. Com isso, a equipe viu aumentar para 12 pontos a diferença para os líderes Internacional e Flamengo: 34 a 22.

Além tentar voltar a vencer, o Palmeiras quer evitar um momento que virou pesadelo para os torcedores. A última vez que o Verdão somou cinco derrotas seguidas se deu em 2014, justamente no ano em que o clube comemorava seu centenário. Nas seis rodadas finais daquele Brasileirão, o time então comandado por Dorival Junior perdeu para Atlético-MG, São Paulo, Sport, Coritiba e Inter.

Na rodada derradeira, dentro do Allianz Parque, o Palmeiras arrancou um empate em 1 a 1 com o Athletico-PR, e contou com o triunfo do Santos por 1 a 0 contra o Vitória, fora de casa, para se manter na Série A naquele ano, evitando sua terceira queda de divisão na história.

“A vitória traz confiança para o grupo e tranquilidade para seguir o trabalho. Temos de ganhar, pela grandeza do Palmeiras. Eu passei para eles isso na palestra, o Palmeiras não pode, de maneira nenhuma, ter quatro reveses. É inadmissível. A gente trabalha no dia a dia e sabe da qualidade do grupo, então a gente tinha de ganhar um jogo, sim, imediatamente”, disse Andrey após a goleada por 5 a 0 sobre o Tigre (ARG), na última quarta-feira, pela fase de grupos da Conmebol Libertadores.

Novamente fora de casa, a equipe enfrentará um rival com retrospecto equilibrado nos confrontos diretos. Das 12 vezes que o Palmeiras enfrentou o Atlético-GO, foram seis triunfos dos paulistas contra cinco dos goianos, além de um empate.

Os últimos jogos, no entanto, mostram vantagem do Verdão, que já vem de quatro vitórias seguidas diante do Dragão: pelo Brasileirão de 2017 e pela Série B de 2013.

Sem poder contar com o suspenso Gustavo Gómez e com os jovens Danilo e Gabriel Veron, liberados para a seleção brasileira sub-20, o Palmeiras deve ir a campo com a seguinte escalação: Weverton; Gabriel Menino, Felipe Melo, Luan e Viña; Patrick de Paula, Zé Rafael e Raphael Veiga; Wesley, Rony e Luiz Adriano.

play
0:54

Tite diz que não deixou de convocar jogadores de Flamengo ou Palmeiras por medo de desfalcar: 'Absolutamente não'

Pedro e Bruno Henrique, por exemplo, ficaram de fora da lista; Gabriel Menino, Weverton, Rodrigo Caio e Everton Ribeiro entraram