<
>

Libertadores: Independiente del Valle, rival do Flamengo, tem caso de COVID-19; Barcelona está em isolamento

O Flamengo voltou do Equador, onde passou oito dias por conta de uma rodada dupla da Conmebol Libertadores, com um verdadeiro surto de casos de COVID-19: 16 jogadores, o técnico Domènec Torrent, membros da comissão e dirigentes.

Por sinal, os dois últimos rivais rubro-negros - Independiente del Valle e Barcelona - vão se enfrentar pelo campeonato local em Quito neste sábado.

A situação envolvendo o Fla fez com que o time de Guayaquil, adversário da última terça-feira, colocasse toda a sua delegação em isolamento.

Além disso, nesta sexta, jogadores fizeram dois testes para o coronavírus - o rápido, a pedido da Liga equatoriana, e o PCR, conforme a Conmebol solicita -, e os resultados vão sair às 20h locais (22h de Brasília).

O Del Valle, enquanto isso, confirmou caso positivo de COVID-19 de um jogador na última quarta. A equipe de Sangolquí, que enfrentará o Flamengo na próxima quarta no Rio de Janeiro, vai realizar testes hoje (rápido) e sábado (PCR).

A Conmebol já rejeitou nesta semana o pedido do Flamengo para inscrever novos jogadores - de acordo com a confederação, o clube perdeu o prazo para tal - não trabalha com a possibilidade de adiamento do jogo de quarta, apurou a ESPN.