<
>

Flamengo tenta inscrever mais 10 jogadores na Libertadores, mas Conmebol não aceita

O Flamengo tentou inscrever mais 10 jogadores na Conmebol Libertadores. No entanto, a entidade que rege o futebol sul-americano negou o pedido.

Em comunicado enviado na quarta-feira, o clube brasileiro disse que "diante o quadro de saúde mundial decorrente da pandemia do coronavírus" e "considerando o fato público e notório de disseminação da doença em razão de viagem da delegação ao Equador em que 16 atletas foram contaminados", requeria a inscrição de 10 atletas das categorias de base na lista da Libertadores.

Em resposta enviada nesta quinta por meio de Frederico Nantes, diretor de competições da Conmebol, a organização lembrou que a data-limite para novas inscrições era 18 de setembro de 2020.

Com isso, não será possível ao Rubro-Negro ingressar os jogadores no torneio sul-americano.

"Informamos que, infelizmente, não será possível atender a solicitação do Clube de Regatas do Flamengo, tendo em vista que os prazos para inclusão de jogadores adicionais já expiraram", disse Nantes.

Desta forma, o Fla segue com 36 nomes inscritos na Libertadores. Os clubes estavam autorizados a colocarem até 50 atletas.

O time carioca está com 16 jogadores contaminados pela COVID-19, além do técnico Domènec Torrent.

É muito provável que todos sejam desfalques para a partida contra o Independiente Del Valle, na próxima quarta-feira, no Maracanã, pela 5ª rodada da fase de grupos.