<
>

Libertadores: Dome diz que derrota do Flamengo é 'muito dolorida': 'Temos que pedir desculpas'

O técnico do Flamengo, Domènec Torrent, falou em "pedir desculpas aos torcedores" após a derrota por 5 a 0 para o Independiente Del Valle, nesta quinta-feira, pela Conmebol Libertadores.

Em coletiva após o "baile" em Queito, o treinador espanhol disse que seu time deu "muitos espaços" ao Del Valle e elogiou o adversários pelos "golaços".

Dome também tentou mostrar otimismo, dizendo que, apesar do resultado, o jogo valia três pontos como outro qualquer.

"Jogamos mais ordenados no 1º tempo, por isso só marcaram um gol. Tivemos algumas chances nos contra-ataques. Na 2ª parte, tentamos marcar mais em cima, mas eles jogam muito bem quando têm espaços. É uma derrota muito dolorida, mas são três pontos. Temos que pedir desculpas aos torcedores", afirmou.

"Sei que é o pior resultado do Flamengo, mas já passou. Temos que pensar em ganhar a próxima partida. Se fosse mata-mata, seria um desastre. Foi um desastre, mas foram só três pontos. Tentaremos nos recuperar. Todos sabem que jogar aqui não é fácil. Não é desculpa, mas é o que acontece aqui. Temos que jogar muito melhor. Podemos ganhar muito melhor", sentenciou.

Torrent discordou de um repórter quando foi perguntado sobre a "apatia" do Fla em campo.

"Não acho que fomos apáticos. Primeiro que tem que saber é como estão fisicamente na altitude. No 1º tempo, não tivemos problemas para defender, e tivemos chances de contra-atacar. Estava equilibrado. No segundo foi tudo diferente", argumentou.

Questionado se teme ser demitido após o passeio do Del Valle, Dome disse que "seguirá trabalhando".

"Não sei. Vou trabalhar duro. Quando ganha, todos estão felizes. Quando perde... A derrota por 5 a 0 é dolorosa. Eu e os jogadores estamos focados. Se quiser falar disso, tem que ser com outras pessoas, não comigo", finalizou.