<
>

Além de Messi: veja 'novelas' do mercado europeu que se arrastam a poucos dias do início da temporada

play
Preocupados com o futuro? Messi e Suárez se divertem em outro esporte; veja qual (0:27)

Juventus? Manchester City? A dupla do Barcelona mostrou estar tranquila... (0:27)

A janela de verão do mercado europeu já seria muito diferente por todos os desdobramentos da pandemia de COVID-19, que prolongou a temporada 2019-20 e causou um impacto gigantesco nas finanças dos clubes.

Só que o mercado ficou ainda mais "maluco" nos últimos dias. Neymar, que sempre tem a volta ao Barcelona especulada, dessa vez garantiu que fica no Paris Saint-Germain com antecedência.

Já Lionel Messi, de quem nunca esperava-se um movimento de saída, parece disposto a bater o pé e deixar o Barça mesmo que isso signifique ficar um ano sem atuar. O Manchester City acompanha tudo de camarote.

Mas existem outras negociações que mexem com o mercado e criam "novelas" paralelas, que envolvem cifras altíssimas, jogadores valorizados, outros nem tanto, e que se arrastam há semanas, talvez meses.

O ESPN.com.br relembra oito casos abaixo que seguem sem solução a poucos dias do início da temporada. Das chamadas grandes ligas, apenas o Campeonato Francês começou, mas ainda sem o PSG. Inglaterra, Espanha, Itália e Alemanha preparam a volta nas próximas semanas.

Quem vai fechar com Cavani

O atacante uruguaio de 33 anos deixou o Paris Saint-Germain em julho, sem nem querer estender o contrato para disputar a fase final da Champions League. Mas seu nome pipoca no mercado desde janeiro, quando chegou perto de fechar com o Atlético de Madrid e flertou também com Inter de Milão e Manchester United.

Nenhum dos gigantes conseguiu seduzir Cavani, que passou férias no Uruguai e só recentemente voltou à Europa. O atacante ficou próximo de um acordo com o Benfica, mas, na hora H, uma desavença financeira melou a transferência. E aí, quem topa pagar pelo artilheiro?

Leilão por Thiago

O craque brasileiro naturalizado espanhol desfilou nos gramados de Lisboa e foi peça fundamental na conquista da sexta Champions League do Bayern de Munique. Mas aparentemente quer um outro desafio, a um ano do fim do contrato com os bávaros.

O clube mais falado como o futuro do camisa 6 é o Liverpool, mas até agora os ingleses não admitiram o interesse. Então, pintou um concorrente de peso: o Manchester United, que parece disposto a brigar por Thiago. Quem quiser levá-lo precisa pagar, dizem os diários alemães, cerca de 30 milhões de euros (R$ 189 milhões).

Futuro de Philippe Coutinho

Há outro brasileiro na lista também, este não naturalizado. Philippe Coutinho, campeão de praticamente tudo durante a passagem pelo Bayern, não vai permanecer na Alemanha, coisa que o clue já havia adiantado antes mesmo do encerramento da temporada.

Inicialmente, o meia deve voltar ao Barcelona, que passa por reformulação liderada pelo técnico holandês Ronald Koeman. Mas será que fica? Nos últimos meses, Coutinho já foi especulado por Arsenal, Tottenham, Liverpool e Leicester City. Seu empresário também não escondeu o desejo do jogador em atuar de novo na Premier League. Ainda é possível?

Chelsea e a 'joia alemã'

Se Coutinho quer voltar à liga inglesa, outro meia está bem perto de realizar o sonho. Kai Havertz chamou atenção pela temporada acima da média no Bayer Leverkusen, clube que chegou até as fases decisivas da Liga Europa, muito por causa de seu principal talento.

Logo de cara o Chelsea apareceu como maior interessado. O maior "gastão'' da janela, no entanto, tenta há semanas chegar a um valor consensual para fechar negócio. O Leverkusen exigia 90 milhões de libras esterlinas (R$ 640 milhões), mas, aparentemente, vai se contentar com 72 milhões (R$ 512 milhões) no ato e mais bônus por metas alcançadas. O problema é: quando a novela vai acabar?

O 'super zagueiro' de Guardiola

É inegável que a defesa do Manchester City precisa de ajustes para a próxima temporada, depois de um ano em que não competiu pelo título inglês e ficou de novo pelo caminho na Champions. Pep Guardiola já trouxe o holandês Nathan Aké, mas quer um companheiro "top" para Aymeric Laporte.

O alvo está escolhido: Kalidou Koulibaly, senegalês que há anos lidera a defesa do Napoli. Mas negociar com Aurelio de Laurentiis não é uma tarefa fácil. O cartola italiano bate o pé para receber 90 milhões de euros (R$ 567 milhões), enquanto o City parece disposto a chegar até 70 milhões (R$ 441 milhões) fora bônus. E aí, quem leva a melhor no braço de ferro?

O mundo encantado de Bale

Ele custou 100 milhões de euros ao Real Madrid em 2013, na até então maior negociação da história do futebol. Sete anos depois, com vários títulos e polêmicas na bagagem, o galês virou uma peça descartável no elenco de Zinedine Zidane. Mas quem vai assumir esse abacaxi?

Bale já foi especulado no futebol chinês, mas o alto salário, entre outros fatores, inviabilizou a negociação. O camisa 11 já ficou fora de grande parte da reta final da temporada e, quando foi para o banco, mostrou até sinais de petulância, ao se comportar como se não estivesse nem aí.

Recentemente ele deixou claro que só não saiu porque o Real Madrid "dificulta as coisas". Bale olha com carinho para a Premier League, flerta com a MLS e garante: ainda tem muita motivação para jogar futebol. Quem topa?

United e Sancho, a insistência

O atacante inglês encantou o futebol alemão com a camisa do Borussia Dortmund e atraiu interessados pelo mundo. Mas veio a pandemia, as finanças dos clubes foram prejudicadas, e os pretendentes diminuíram a partir da renovação do atacante com o clube até 2023. Exceto um.

O Manchester United ainda monitora a situação de Jadon Sancho. Há meses o clube de Old Trafford tenta um acordo pela transferência, que pode bater a casa de 100 milhões de libras (R$ 701 milhões), mas nada andou. Os Diabos Vermelhos tentarão uma última cartada mesmo com o novo contrato?

Lautaro, o sonho do Barça

Metade de uma poderosa dupla de ataque da Inter de Milão, o argentino virou sonho de consumo do Barça, que toparia pagar um bom dinheiro para levá-lo ao Camp Nou. Falou-se em 111 milhões de euros (R$ 695 milhões), mas a proposta nunca chegou.

Com os problemas financeiros e a falta de recursos para investir no mercado, o Barça parece distante de realizar um movimento para tirar Lautaro Martínez de Milão. Até porque nem a Inter considera que o jogado esteja no mercado. Mas o camisa 10 segue na mira, ainda mais se Lionel Messi acabar negociado.

Quem não entrou na fila

Outras "novelas" tiveram poucos capítulos ou nem se transformaram para valer em história. Pogba, no final, ficou silenciosamente no Manchester United. Mbappé e Haaland foram especulados no Real Madrid, mas nada de oferta para os dois. Na contramão, James Rodríguez deve deixar o Santiago Bernabéu nas próximas horas e acertar com o Everton, da Inglaterra.