<
>

Barcelona inicia busca por novo técnico que imponha 'respeito imediato' no vestiário

play
Messi contra o Bayern: gol histórico, assistências e muito equilíbrio (1:36)

Em maio de 2015, no Camp Nou, o craque do Barcelona deixou Jérôme Boateng completamente perdido para anotar um golaço na vitória por 3 a 0 sobre o time de Guardiola; veja o retrospecto completo! (1:36)

Quique Setién vai comandar o Barcelona nas quartas de final de Champions League contra o Bayern de Munique nesta sexta-feira (14), mas o clube já começou a sondar possíveis substitutos ao cargo de treinador, fontes informaram a ESPN.

O sentimento predominante no Barça é que Setién, contratado em janeiro, falhou em liderar o vestiário devido às suas conquistas limitadas tanto como técnico quanto jogador. O time quer que o próximo nome no comando tenha respeito imediato entre dos jogadores.

Ronald Koeman foi sondado por causa de sua história com o clube e segue como candidato. Fontes de Barcelona relembram o bom trabalho que ele fez ao revitalizar o velho elenco do Valencia em 2007, mas há preocupação acerca de seu estilo de jogo pragmático. Ele comprou, recentemente, uma casa em Vallvidrera, próxima de Barcelona, embora sempre tenha exaltado a vontade de se manter no cargo da seleção holandesa para a Euro, que acontece no meio do ano que vem.

O ex-treinador do Tottenham Mauricio Pochettino é outro alvo. No entanto, seu passado com o Espanyol, rival catalão, e declarações sobre aceitar trabalhar no Barça podem complicar qualquer negócio. Xavi Hernández é o alvo mais óbvio, mas seu retorno imediato é improvável após este ter recusado oferta em janeiro.

Fontes explicam que o perfil de treinador desejado é claro, mas não existe uma opção de destaque para o cargo.