<
>

Jornal: Inter Miami, time de David Beckham, sonda Willian, apresenta proposta, mas recebe não de meia

Willian vive, provavelmente, seus últimos dias como jogador do Chelsea. Em fase final da extensão de contrato com os Blues, assinada exclusivamente para disputar a reta final da temporada, o brasileiro recebeu uma proposta do Inter Miami, time administrado pelo inglês David Beckham e novo integrante da Major League Soccer (MLS), dos Estados Unidos.

A informação foi publicada pelo jornal Telegraph, que também informa que Willian recusou a investida. O meia-atacante seria um dos chamados "jogadores designados" da franquia. Pela regra da liga americana, cada clube pode ter até três atletas com salários mais altos. Foi assim que nomes como Kaká, Henry, Gerrard e Lampard foram atraídos para o país.

Segundo o Telegraph, Willian ainda deseja continuar no futebol europeu e espera a definição da temporada para decidir qual será o próximo passo da carreira. O plano A é permanecer na Inglaterra, ainda que isso possa significar atuar em outro clube de Londres.

Arsenal e Tottenham foram alguns clubes especulados nas últimas semanas. O impasse para a permanência de Willian no Chelsea é o tempo de contrato. O jogador gostaria de um vínculo maior, por três temporadas, enquanto a equipe oferece, no máximo, dois.

Sabendo do impasse, o Inter Miami ofereceu, de acordo com o Telegraph, um acordo por três anos e mais um salário semanal de 100 mil libras (R$ 673 mil, na cotação monetária atual). Mas nem isso foi capaz de seduzir o jogador de 31 anos.