<
>

Fim de jejum de Lewandowski, goleada do Dortmund e protestos contra o racismo; veja resumo da rodada da Bundesliga

Se você perdeu alguma coisa da 29ª rodada da Bundesliga - que terminou com vitória do RB Leipzig sobre o Colônia por 4 a 2 nesta segunda-feira -, não se preocupe, pois o ESPN.com.br mostra para você tudo o que houve de melhor!

Publicação patrocinada por Sportingbet

GOLAÇOS

O alemão com descendência brasileira Leonardo Bittencourt foi decisivo ao fazer o gol da vitória do Werder Bremen sobre o Schalke 04, por 1 a 0, em plena Veltins Arena. E olha que o gol da partida foi um belíssimo chute de fora da área. Ihlas Bebou também decidiu o triunfo do Hoffenheim sobre o Mainz 05 por um placar magro, esbanjando estilo.

Já Robert Lewandowski marcou duas vezes na rodada, chegou a 29 gols nesta Bundesliga e quebrou um jejum contra o Fortuna Düsseldorf, contra o qual havia passado em branco nos cinco jogos anteriores. E o segundo do polonês foi cheio de categoria, com uma 'letra de carrinho'.

MURALHAS

Ganhando ou perdendo, os goleiros tiveram muito trabalho.

Na derrota do Mainz para o Hoffenheim, Florian Müller defendeu uma cobrança de pênalti. Já Kevin Trapp, do Eintracht Frankfurt, e Rune Jarstein, do Hertha, foram importantes para que seus times vencessem o Wolfsburg e o Augsburg, respectivamente, com belas intervenções.

Leopold Zingerle, do Paderborn, levou seis gols na derrota para o Borussia Dortmund, mas mostrou muito reflexo com a perna para evitar um placar ainda maior. O mesmo pode se dizer de Florian Kastenmeier, que apareceu duas vezes muito bem durante a derrota do Fortuna Düsseldorf por 5 a 0 para o Bayern de Munique.

PIXOTADAS

Para Leonardo Bittencourt fazer uma pintura que decidiu a vitória do Werder, ele contou com uma trapalhada de Jean-Clair Todibo, que tentou sair driblando, perdeu a bola e originou o lance do gol. Porém, este não foi o único erro na defesa que ocasionou em gol do adversário.

Além disso, Lucas Torró, do Frankfurt, conseguiu ser expulso levando dois cartões amarelos nos acréscimos da partida contra o Wolfsburg. E ainda teve gol contra na rodada.

PROTESTOS

As partidas do fim de semana ainda ficaram marcadas por manifestações de diferentes jogadores contra o racismo, depois da morte de George Floyd, homem negro de 46 anos, em uma ação policial nos Estados Unidos.

Weston McKennie, do Schalke 04, levou a mensagem “Justice for George Floyd” (Justiça a George Floyd, em português) na braçadeira de capitão. Jadon Sancho também mostrou a frase após marcar seu primeiro de três gols no triunfo por 6 a 1 do Borussia Dortmund sobre o Paderborn e tirar a camisa.

Já na vitória do Borussia Mönchengladbach por 4 a 1 diante do Union Berlin, Marcus Thuram, após seu primeiro gol, ajoelhou-se no gramado, repetindo gesto que ficou famoso com Colin Kaepernick, ex-atleta da NFL, para se posicionar contra o racismo.