<
>

O futuro é uma incógnita: Jornal relata férias forçadas e dúvidas sobre destino de Reinier no Real Madrid

O destino de Reinier no Real Madrid é incerto, segundo o diário AS, um dos principais jornais da Espanha.

Contratado por 30 milhões de euros (R$ 180 milhões), o jogador chegou em Madri como uma grande promessa e, assim como foi com Vinicius Jr e Rodrygo, para ganhar experiência no Real Castilla e, de vez em quando, participar das atividades da equipe profissional.

Em 6 de maio, a Federação Espanhola confirmou oficialmente o encerramento da Segunda B, divisão que o Real Castilla disputa. Com isso, esperava-se que Reinier fosse ser observado por Zidane nos treinamentos da equipe titular, mas isso não aconteceu. O elenco principal do Real voltou às atividades no último dia 11 e, até agora, nada de Reinier.

O jogador, inclusive, ainda não participou de nenhuma atividade da primeira equipe desde que chegou à Espanha em fevereiro.

Segundo a publicação, sua condição de extra comunitário - alguém sem passaporte europeu - prejudica as chances de Reinier na equipe principal, que já conta com Militão, Vinicius e Rodrygo, além de um possível retorno do japonês Kubo, que faz ótima temporada pelo Mallorca.

Com isso e sem nenhum jogo do Castilla até a próxima temporada, o mais provável é que Reinier seja emprestado, assim como foi com Odegaard, que hoje brilha na Real Real Sociedad e deve ser aproveitado na próxima temporada.

O destino mais provável de Reinier é o Real Valladolid. A equipe, que tem Ronaldo Fenômeno como presidente, tem uma ótima relação com a diretoria merengue e já manifestou interesse no empréstimo do brasileiro.

No Castilla, Reinier soube aproveitar as poucas chances que teve antes da pandemia de coronavírus mudar o cenário do futebol. O meia marcou dois gols na vitória por 4 a 0 sobre o Coruxo e deixou uma ótima impressão no triunfo por 2 a 0 sobre o Sanse.

Esperava-se, portanto, que tivesse chances de ao menos treinar na primeira equipe, o que ainda não aconteceu. O Real, porém, confia no potencial do jogador e o vê como alguém com potencial de ser titular em outra equipe e ganhar experiência para um possível retorno.

Antes disso, porém, Reinier terá férias forçadas, um futuro incerto e alguns meses com um pouco de caos.