<
>

São Paulo: Adidas avisa que não fará pagamento nos próximos meses e aumenta alerta financeiro

play
Daniel Alves se declara para cachorro, ganha beijo e se diverte em vídeo (0:24)

Jogador do São Paulo publicou nas redes sociais - Instagram @danialves (0:24)

Assim como fez com o Flamengo, a Adidas já avisou ao São Paulo que não fará os pagamentos dos próximos meses por conta da crise gerada pela pandemia de coronavírus.

Diferentemente do que faz com o clube carioca, ao qual paga parcelas semestrais, a empresa alemã repassa a quantia acordada ao clube paulista mensalmente - o prejuízo tricolor será de aproximadamente R$ 1 milhão a cada 30 dias, valor que considera apenas as perdas com royalties.

As informações são do jornalista da ESPN Brasil Jorge Nicola em seu blog no portal Yahoo!.

"Eles querem postergar os pagamentos para o futuro", explicou uma fonte do clube.

"Nunca tivemos qualquer problema de pagamento com a Adidas. Eles sempre pagaram tudo absolutamente em dia. Mas agora querem negociar, como quase todo mundo está fazendo", detalhou o dirigente do São Paulo.

Alerta financeiro aumenta

A notícia é terrível para o São Paulo, que já fechou 2019 com déficit de R$ 180 milhões.

Isto porque o clube deve ficar sem patrocínio master em maio, uma vez que o acordo com o Banco Inter acaba em 31 de abril e as conversas para uma possível renovação estão estagnadas.

A empresa paga ao clube cerca de R$ 1,5 milhão por mês.