<
>

Hazard admite 'primeira temporada ruim' no Real, mas garante: 'Serei julgado pela segunda'

play
Doações para combate ao coronavírus e 'favorito' para reforço: André Linares traz as novidades do Real Madrid (1:22)

Correspondente dos canais ESPN trouxe todas as informações direto da Espanha (1:22)

A primeira temporada no Real Madrid não está sendo como Eden Hazard imaginava. Duas lesões reduziram o primeiro ano no clube a apenas 15 jogos e um gol marcado até o momento.

“Minha primeira temporada no Real Madrid é ruim, mas não é de toda ruim. É uma temporada de adaptação. Serei julgado pela segunda. Depende de mim”, disse Hazard em entrevista à TV belga RTBF. O meia-atacante se recupera de cirurgia no tornozelo direito realizada em 5 de março, nos Estados Unidos.

Apesar disso, estava confiante em chegar para a disputa da Eurocopa, que começaria em junho, mas foi adiada para o ano que vem por causa da pandemia do coronavírus.

“Estou melhorando. Tiraram os pontos há uma semana. Esperava estar pronto, então fiquei decepcionado com o adiamento. Tinha planejado jogar e fazer o que fosse preciso para estar em forma para as primeiras partidas. Faltaria ritmo, claro, mas a qualidade não se perde. Mas acredito que há prioridades maiores na vida que obrigaram o adiamento”, explicou o jogador da seleção belga.

Hazard está isolado com a família em Madri por conta do coronavírus. Os jogadores do Real estão em quarentena desde 12 de março, quando um atleta da equipe de basquete do clube testou positivo.

“Não digo que não possa me contagiar, mas estou dentro de casa, ninguém vem nos visitar. Tenho um pouco de medo como todos, mas tenho especialmente medo de transmitir para os demais. Isso é mais delicado. Fico preocupado com as pessoas mais vulneráveis, que têm mais problemas.”

O futebol na Espanha está paralisado por período indeterminado. O que Hazard espera é que a temporada possa ser finalizada no campo. “Ontem, o Zidane me ligou e também não sabe quando voltaremos a jogar. O que podemos fazer é seguir em forma. Todos nossos jogadores têm recursos para isso. Não sabemos se a liga será reiniciada. Esperamos que aconteça o fim de temporada e se possa jogar. Senão todos ficaremos decepcionados”, completou.