<
>

Barcelona mira agora Pochettino, que já disse que preferia trabalhar em fazenda a comandar clube catalão

Mauricio Pochettino é o principal candidato a assumir o comando o Barcelona após Xavi e Ronald Koeman rejeitarem o convite.

De acordo com o RAC1, o técnico argentino, que está desde novembro sem time, após deixar o Tottenham, tem o apoio do presidente do Barça, Josep Maria Bartomeu, e o respaldo de toda a diretoria.

Entre os membros da direção está Ramon Planes, amigo íntimo do técnico e com quem trabalhou no Espanyol e no Tottenham.

Os principais jogador do elenco do clube catalão também apoiam a contratação do argentino. Pochettino é ídolo da torcida do Espanyol e também foi cogitado no Real Madrid, antes de Zidane retornar ao clube merengue.

Ainda em 2018, o técnico disparou uma frase durante uma coletiva do Tottenham.

"Nunca vou ser treinador do Barcelona ou do Arsenal, porque estou muito ligado ao Espanyol e ao Tottenham. Comecei a carreira no Newell´s Old Boys e nunca treinaria o Rosario Central. Prefiro trabalhar na minha fazenda, na Argentina, a treinar certos clubes".

Resta saber agora se o argentino cumprirá o que falou.