<
>

Mundial de Clubes: Al Hilal vence Espérance com golaço de Gomis e pega o Flamengo na semifinal

play
Ex-São Paulo, campeão da Libertadores pelo River e ex-Juventus: veja nomes conhecidos do Mundial que jogam em times sem ser Liverpool ou Flamengo (0:55)

ESPN.com.br listou cinco atletas que já alcançaram algum brilho na Europa ou que são conhecidos do torcedor brasileiro (0:55)

O Al Hilal será o adversário do Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes.

O ex-time do técnico Jorge Jesus teve enormes dificuldades, mas derrotou o Espérance, da Tunísia por 1 a 0, em jogo realizado no Catar, neste sábado.

O único gol do jogo foi marcado por Gomis (ex-Lyon), que entrou na segunda etapa da partida.

O duelo entre os sauditas e os rubro-negros será realizado na terça-feira. Na entrevista coletiva de sexta-feira, o técnico Razvan Lucescu deu uma alfinetada no treinador português (veja aqui).

Neste sábado, o Al-Sadd, do Catar (time comandado por Xavi), enfrenta o Monterrey, do México, pelas quartas de final. O vencedor do confronto encara na semifinal o Liverpool, nesta quarta-feira.

FLA NO ESTÁDIO E BRIGA

Os jogadores do Flamengo e o técnico Jorge Jesus estiveram na arquibancada para verem o duelo.

Os torcedores fanáticos do Esperánce se envolveram em uma grande confusão com agentes de segurança do estádio, que tentaram impedir - sem sucesso - que sinalizadores fossem acesos nas arquibancadas. No segundo tempo, uma grande quantidade de fumaça invadiu o gramado e dificultou a visão dos jogadores.

ASTROS NO BANCO

O técnico Lucescu, do Al Hilal, deixou os astros Gomis (ex-Lyon) e Giovinco (ex-Juventus) no banco durante o primeiro tempo. Gomis entrou na segunda etapa no lugar de Cuéllar (ex-Flamengo), que recebeu um cartão amarelo depois de uma dura entrada em um adversário.

O principal jogador do Al Hilal no primeiro tempo foi o brasileiro Carlos Eduardo (ex-Fluminense), que foi o responsável por criar as principais jogadas de ataque da equipe. Mesmo tendo domínio da posse de bola e maior volume de jogo, os sauditas sofreram na defesa.

O Espérance se aproveitou de duas lambanças do goleiro saudita, mas não conseguiu marcar.

GOMIS RESOLVE

Aos 26 minutos do segundo tempo, o Al Hilal abriu o placar. A equipe fez troca de passes, e a bola chegou até Gomis. O ex-jogador do Lyon girou sem tocar na bola, deu um belo chapéu em Yaakoubi e chutou de primeira, em chances para o goleiro Ben Cherifia.

Aos 40 minutos, Kanno recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Ele não enfrentará o Flamengo na semifinal do torneio.

FICHA TÉCNICA:

Al Hilal 1 x 0 Espérance

Gols: Gomis

Al Ahli: Al-Muaiouf, Al-Burayk, Jang Hyun-Soo, Al-Bulayhi, Al-Shahrani, Cuéllar (Gomis), Kanno, Carlos Eduardo, Carrillo, Al-Dawsari e Khrbin
Técnico: Razvan Lucescu

Espérance de Túnis: Ben Cherifia, Derbali, Yaakoubi, Bedrane, Chetti, Bonsu, Coulibaly, Benguit, Badri, Elhouni e Ouattara
Técnico: Moïn Chaabani