<
>

Barcelona: Wenger detalha como foram conversas frustradas do Arsenal para contratar Messi

Ex-treinador do Arsenal, Arsene Wenger revelou que alguns anos atrás teve em suas mãos a possibilidade de contratar Messi, mas hoje se arrepende de ter sido algo que não levou para frente.

O francês afirmou, em entrevista ao beIN Sports, que se impressionou com o argentino em sua estreia pelo Barcelona, que aconteceu na mesma época em que os Gunners contrataram o meia Cesc Fabregas - um grande amigo de Messi.

Existiram conversas com o argentino que na época tinha apenas 16 anos, mas não foram para frente.

Por isso, Wenger afirmou: "Na vida, temos que viver com arrependimentos, com negócios falidos e um deles foi Messi. Em 2003, quando fechamos com Fabregas, conversamos com Leo", mas as coisas não deram certo.

Na época, o craque já chamava a atenção dos gigantes: "Naquela época, em que estávamos no mesmo nível do Barcelona, podíamos construir equipes juvenis fortes com bons jogadores. Com Messi, Piqué e Fabregas, que se destacavam naquele momento, poderíamos ter feito uma grande equipe".

"Piqué (ao Manchester United) e Fabregas vieram à Inglaterra, mas Messi continuou na Espanha. É claro que estávamos interessados nele, mas agora é um jogador intocável", finalizou a entrevista.