<
>

Ashley Cole anuncia aposentadoria do futebol após 20 temporadas

Após 20 temporadas, Ashley Cole anunciou sua aposentadoria do futebol.

Aos 38 anos, o lateral-esquerdo afirmou que já pensava em deixar o futebol e confirmou a decisão durante uma entrevista para a Sky Sports na cobertura da partida entre Chelsea e Leicester pela Premier League.

"Após pensar muito e considerar tudo, era óbvio que era minha hora de pendurar as chuteiras e pensar nos próximos capítulos, que espero eu que seja como treinador. Estou fazendo um curso no momento e espero ser um bom treinador", afirmou Cole.

O jogador também relembrou sua carreira e afirmou que a considera "incrível": "Olhando para trás, eu joguei Copas do Mundo, finais de Champions League, fui sortudo o suficiente para vencer títulos de Premier League. É um sonho de criança. Eu realizei meus sonhos e agora olho para o futuro".

Ashley Cole apareceu para o mundo do futebol em novembro de 1999 quando fez sua estreia pelo Arsenal contra o Middlesbrough durante uma partida da Copa da Liga Inglesa.

Pelos Gunners, conquistou dois títulos do campeonato nacional, três troféus da FA Cup e três Supercopas da Inglaterra em 228 partidas, marcando 9 gols.

Após deixar o Arsenal, Cole continuou em Londres, mas com a camisa do Chelsea.

Em 2006/07, o lateral chegou ao time que mais vezes defendeu as cores em uma transferência "controversa". Em oito temporadas com os Blues, entrou em campo 338 vezes, marcou seis gols e fez parte de uma das gerações mais vitoriosas do clubes.

Com a camisa azul de Londres, conquistou uma Champions League, uma Europa League, uma Premier League, três troféus da FA Cup e uma Supercopa da Inglaterra.

Deixou o time em 2014 a caminho da Itália para vestir a camisa da Roma. Entrou em campo 16 vezes, teve uma rápida e discreta passagem pelo time italiano antes de sair para os Estados Unidos.

Em terras norte-americanas, defendeu o LA Galaxy a partir de 2016. Realizou 90 partidas, marcou três gols, se tornou capitão e um dos principais nomes do time, mas não conquistou nenhum título.

Na última temporada se transferiu para o Derby County e foi comandando por seu ex-companheiro e então treinador do time, Frank Lampard. Juntos, levaram o time aos playoffs, mas não conseguiram classificação para a primeira divisão.

Agora, Lampard comanda o Chelsea e Cole espera seguir os passos do companheiro e chegar a um time de expressão no futebol mundial.

Com a camisa da seleção inglesa, disputou 107 partidas e esteve presente em três edições de Copa do Mundo (2002, 2006 e 2010), além de jogar duas vezes a Eurocopa (2004 e 2012).