<
>

Copa América: Brasil é o 'favoritaço' ao título, mas com pedreira no caminho; veja as projeções

play
Tironi exalta Cavani e Suárez no Uruguai, o que pode ser Messi na Argentina, mas não acha 'o cara' no Brasil (1:51)

Atacante uruguaio fez o gol da vitória no final da partida contra o Chile (1:51)

O Brasil será campeão da Copa América 2019. Pelo menos é o que aponta o ESPN Soccer Power Index, que une uma série de fórmulas matemáticas para prever resultados de partidas e competições de futebol.

De acordo com as projeções, a seleção brasileira é a grande favorita para a conquista da taça, com 76% de chance de chegar à final e 65,4% de ser campeã. Nenhuma outra equipe chega perto desses números.

A Argentina aparece a seguir, com 11,2% de levantar o troféu. Mas aí tem um problema: para ser campeã, a seleção de Messi precisa terá Brasil ou Paraguai como rival na semi. A situação é a mesma para o Brasil: se passar pelo Paraguai, pega Venezuela ou Argentina.

Aí entramos em outras previsões: a das quartas de final. O Brasil aparece com 96% de chance de passar pelos paraguaios. A Argentina? 71% de vantagem contra os venezuelanos. Brasil x Argentina na semi.

Os outros duelos de mata-mata indicam a Colômbia com 60% de chance contra o Chile, enquanto o Uruguai tem 70% diante do Peru. Logo, Colômbia x Uruguai na outra semi.

E quem vence nas semifinais? Calma, gente, calma. Definindo os resultados, saberemos melhor:

  • Se o ESPN Soccer Power Index estava afiado nas quartas

  • Como serão os números do ESPN Soccer Power Index na próxima etapa rumo à final

E você? Faça suas apostas!