<
>

Imagem mostra suposta briga entre Neymar e mulher; pai diz que ele se defendia de garrafada

Uma nova imagem do caso Neymar apareceu. A TV Record obteve com exclusividade um print de um novo vídeo e mostrou uma pessoa com as duas pernas para cima, com os pés bem próximos do rosto de uma mulher.

O pai do jogador entrou em contato com o programa 'Cidade Alerta' e até confirmou que as pernas são mesmo de Neymar, mas diz que o vídeo, na verdade, vai mostrar o oposto: que seu filho estava sendo agredido com uma garrafada.

“Não tenho o que defender. As imagens por si só mostram. Isso está nos autos. Isso é um vídeo que foi printado. E esse vídeo só vai provar que o Neymar é que foi agredido. Ela provoca uma agressão nele para ver se ele pudesse revidar. Quando ele percebe que o que estava acontecendo é uma armadilha. Se você ver, ele se joga para trás na cama, isso é uma garrafada que ele ia levar”, disse.

“Acho que era uma garrafa de vinho, alguma coisa assim”, complementou.

Neymar pai voltou a dizer que o filho está sendo alvo de uma armadilha. Disse que o celular que capta o vídeo estava ligado desde que o jogador chegou ao quarto em que estava a mulher. E terminou dizendo que torce para que o vídeo que contém essa nova imagem apareça logo.

“O que seria bom para nós e para toda a investigação, é que esse vídeo aparecesse. É isso que a polícia está tentando fazer, é para isso que a gente está torcendo que aconteça. Que se encontre essa moça e tudo fique esclarecido. Que se possa ver as imagens que ela tem e isso vai falar por si só”, complementou.

Segundo a acusadora, a briga teria começado porque ela se negou a fazer sexo sem preservativo, o que teria irritado Neymar.

Entenda o caso

Neymar foi acusado de estupro por uma mulher cuja identidade foi preservada pela polícia. Ela registrou boletim de ocorrência na sexta-feira (31), revelado pelo ESPN.com.br no sábado 1º de junho, na 6ª Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher, em São Paulo.

Segundo o documento, ela alegou ter conhecido o jogador de Paris Saint-Germain e seleção brasileira nas redes sociais. E no dia 12 de maio, um assessor identificado como Gallo entrou em contato fornecendo passagens e hospedagem para ela viajar para Paris, na França. Ela afirmou ter embarcado no dia 14 e chego no dia 15.

A mulher também relatou que ficou no Hotel Sofitel Paris Arc Du Triumphe e recebeu o atleta de 27 anos por volta de 20h locais do dia 15. Segundo ela, o jogador chegou “aparentemente embriagado”. “Começaram a conversar, trocaram carícias, porém, em determinado momento, Neymar se tornou agressivo e, mediante violência, praticou relação sexual.”

Tanto Neymar, por meio de vídeo em uma rede social – que depois o tirou do ar - na qual expôs as conversas com a mulher, quanto seu pai, Neymar da Silva Santos, em duas entrevistas à TV Bandeirantes, uma por telefone e a outra participando ao vivo de um programa, negam que tenha havido estupro. Eles confirmam que houve relação sexual, mas que a mesma foi consensual.