<
>

Fluminense 'fica preso' em retranca e apenas empata com o Antofagasta na estreia da Sul-Americana

play
Palmeiras e Santos fazem proposta para tirar Pedro do Fluminense, diz Nicola (3:56)

O comentarista do BB Debate disse que 'os dois clubes estão interessados em comprar o atacante em definitivo' e ainda citou o 'desespero financeiro' do time carioca (3:56)

Não foi bom o início do Fluminense na Copa Sul-Americana. Atuando no Maracanã na noite desta terça-feira, a equipe não conseguiu furar a grande retranca do Antofagasta e, com o 0 a 0, agora precisa de uma vitória ou de um empate com gols no segundo jogo, no Chile, para seguir com chances na competição continental.

O primeiro tempo foi de grande domínio do Fluminense, que ficou com a bola em incríveis 76% do tempo. Porém, isso não se transformou em chances de gol, já que os melhores momentos foram sempre em bolas aéreas.

O primeiro grande momento da equipe da casa foi apenas aos 35 minutos. Caio Henrique cobrou falta na área, Matheus Ferraz desviou de cabeça e obrigou o goleiro Hurtado a fazer uma grande defesa. No lance seguinte, Gilberto, em mais uma cabeçada, mandou na trave.

Na segunda etapa, o panorama não mudou, com o Fluminense voltando a apostar em bolas cruzadas na área. Aos 16, Everaldo, livre, perdeu grande oportunidade ao cabecear para fora. 10 minutos mais tarde, Digão até marcou após rebote, mas foi flagrado em impedimento e o gol foi anulado.

Nos minutos finais, o clima esquentou dentro do gramado. Luciano não gostou de uma entrada que recebeu de Flores e foi tirar satisfação, causando um princípio de confusão, mas nada que alterasse o rumo do jogo.

O jogo da volta, no Chile, é só no dia 21 de março, uma quinta-feira.