<
>

Advogado do caso Cristiano Ronaldo afirma ter sido procurado por uma segunda vítima

play
Advogado da acusação contra Cristiano Ronaldo explica por que suposta vítima não denunciou antes (0:57)

'Tinha um sentimento de que uma pessoa rica e famosa teria mais crédito', disse Leslie Mark Stovall (0:57)

A situação envolvendo Cristiano Ronaldo, que lida com alegações de estupro contra o craque português em caso reaberto pelo governo de Nevada, pode ficar mais complicada.

Segundo o Daily Mail, da Inglaterra, o advogado que representa a suposta vítima alega que entrou em contato com uma outra mulher que também afirma ter sofrido abuso sexual pelo jogador português.

“Eu recebi uma ligação de uma mulher que afirma ter tido uma experiência similar”, disse Leslie Stovall, que trabalha para a ex-modelo Kathryn Mayorga.

Ele se negou a dar o nome desta segunda mulher, mas afirmou que passaria os detalhes para a polícia de Las Vegas, que reabriu o caso de Mayorga, registrado em 2009.

As patrocinadoras de Cristiano Ronaldo já demonstraram preocupação com o caso, sendo que a Eletronic Arts tirou a imagem do jogador da capa do Fifa 19 em sua plataforma de venda. A Juventus, atual clube do português, segue demonstrando apoio.

Na última quinta-feira, o clube italiano deixou claro o seu lado, publicando um comunicado oficial em apoio ao português. "Cristiano tem nos mostrado o seu profissionalismo e dedicação, e nós apreciamos isso”, escreveu, em sua conta no Twitter.

“As alegações de um evento que aconteceu há quase 10 anos não mudam a nossa opinião, que é compartilhada por qualquer um que teve o prazer de conhecer este grande campeão”, completou.

O posicionamento da equipe foi alvo de muitas críticas, inclusive do ex-atacante inglês Gary Lineker. “Independente de as acusações serem verdadeiras ou não, isso foi horrível por parte da Juventus”, publicou.