<
>

Moses, do Chelsea, anuncia aposentadoria da seleção da Nigéria aos 27 anos

Moses comemora durante jogo entre Nigéria e Argentina, na Copa de 2018 Getty Images

O meio-campista e ala Victor Moses, do Chelsea, surpreendeu nesta quarta-feira ao anunciar sua aposentadoria da seleção da Nigéria, aos 27 anos.

O atleta nasceu em Lagos, no país africano, mas vive na Inglaterra desde que tinha 11 anos. Vestiu as camisas de Crystal Palace, Wigan, Liverpool, Stoke City e West Ham, além dos Blues.

Internacionalmente, atuou pelos times de juniores da Inglaterra do sub-16 até o sub-21, mas, em 2011, decidiu vestir a camisa da Nigéria, equipe pela qual disputou duas Copas do Mundo: 2014 e 2018.

A história com as "Super Águias" chegou ao fim nesta quarta-feira.

"Queria anunciar que, depois de pensar muito, tomei a decisão de não jogar mais com a seleção. Vivi alguns dos melhores momentos da minha vida vestindo a camiseta das 'Super Águias' e levo memórias que guardarei para sempre. Nada poderá igualar a sensação de representar seu país com orgulho", escreveu Moses, em seu Twitter.

"Mesmo assim, creio que é o momento de dar um passo ao lado e concentrar-me unicamente no meu clube e na minha família, abrindo espaço para as novas gerações de estrelas das 'Super Águias'. Somos um país com muitos jovens de talento e agora chegou o meu momento de sair", acrescentou.

"Já falei por telefone com o treinador da seleção para comunicar minha decisão. Gostaria de agradecer a todos da comissão, à Federação e a todos os meus companheiros pelo tremendo apoio ao longo dos anos. E o mais importante: agradecer ao povo nigeriano por ter confiando em mim em todo este tempo. Serei para sempre um nigeriano orgulhoso e nunca deixaria de torcer pelo time", concluiu.

Ao todo, Moses fez 37 jogos e marcou 12 gols pela Nigéria.

Além de disputar os dois Mundiais, ele também ajudou seu país a conquistar a Copa Africana de Nações em 2013.