<
>

Kalinic: Croácia expulsa da Copa jogador que se recusou a entrar em campo por 5 minutos

Nem mesmo a boa vitória por 2 a 0 sobre a Nigéria, na estreia da Copa do Mundo, fez o ambiente na Croácia ficar tranquilo.

Segundo anunciou a HNS (Federação Croata de Futebol) nesta segunda-feira, o atacante Nikola Kalinic, do Milan, será mandado de volta para casa, como havia antecipado a imprensa do país nesta manhã.

Isso aconteceu porque o técnico croata, Zlatko Dalic, se irritou com o experiente jogador de 30 anos por ele ter se recusado a entrar em campo nos cinco minutos finais do triunfo diante dos africanos, no último sábado, em Kaliningrado.

Após o final da partida, em entrevista coletiva, o treinador se disse feliz pela vitória sem lesionados, mas afirmou ter acontecido "um problema", que "logo seria solucionado".

Nesta segunda, porém, ele minimizou a situação em discurso oficial e afirmou que a dispensa de Kalinic ocorre porque o atleta está sentindo dores que o impossibilitam de atuar.

“Durante o jogo contra a Nigéria, Kalinic estava aquecendo e deveria entrar no segundo tempo. No entanto, ele afirmou que não estava pronto para entrar devido a um problema nas costas. A mesma coisa aconteceu durante o amistoso contra o Brasil, na Inglaterra, bem como antes da sessão de treinos no domingo. Aceitei isso com calma e, como preciso que meus jogadores estejam aptos e prontos para jogar, tomei essa decisão”, explicou o treinador.

Com isso, o time xadrez ficará apenas com 22 jogadores no elenco até o final de sua participação no torneio.

Segundo as regras da Fifa, a única possibilidade de atletas serem substituídos no plantel é em caso de lesão grave 24 horas antes da primeira partida do time na competição. Como a equipe xadrez já fez sua estreia, terá que ir com a mesma lista até o final.

A Croácia, líder do grupo D, o mesmo da Argentina, volta a campo na próxima quinta-feira, às 15h (de Brasília), diante dos próprios comandados de Jorge Sampaoli.

Uma vitória classificará os europeus às oitavas de final.