<
>

Tim Cahill, o vovô da Austrália, pode igualar Pelé e Klose em Copas do Mundo

Um dos jogadores mais velhos da Copa do Mundo de 2018, Tim Cahill pode igualar um feito restrito a lendas como Pelé, Uwe Seeler e Miroslav Klose. O ídolo australiano de 38 anos pode chegar ao quarto Mundial seguido marcando gol.

A estreia do meia na maior competição do futebol foi em 2006, na Alemanha, quando fez dois tentos no triunfo da seleção de seu país sobre o Japão por 3 a 1.

Quatro anos depois, na África do Sul, balançou as redes na vitória australiana por 2 a 1 sobre a Sérvia. Em 2014, no Brasil, o camisa 4 marcou um golaço na derrota para a Holanda por 3 a 2. Ele é o maior artilheiro da história dos Socceroos, com 50 gols marcados.

Apesar de ter sido um dos principais responsáveis por classificar a Austrália para a Copa do Mundo, Tim Cahil teve sua convocação muito contestada.

Nos últimos seis meses, ele atuou por apenas 60 minutos no Millwall e não balançou as redes, sendo dispensado pela equipe da 2ª Divisão Inglesa ao final da temporada.

Mesmo com o recente fracasso, Anselmo Ramón, ex-companheiro do australiano no Hangzhou Greentown, da China, aposta no sucesso do vovô artilheiro.

"A expectativa é que ele possa fazer uma grande Copa como ele fez aqui no Brasil e possa encerrar com chave de ouro porque é um jogador que merece muito pelo que já fez e faz pelo futebol", disse, ao ESPN.com.br.

Uma maiores virtudes de Cahil é a sua versatilidade. Mesmo não sendo alto, é mestre em fazer gols de cabeça. Além disso, ele pode atuar em diversas posições no gramado.

"Foi um jogador que aprendi muito com o seu profissionalismo. É um exemplo de atleta e também como pessoa. Um cara humilde e prestativo não só dentro como fora de campo. Nos ajudou jogando até como volante e daí você tira o quanto ele é prestativo", elogiou o brasileiro.

Em qualquer posição, o objetivo de Cahil é ajudar a Austrália a se classificar para as oitavas de final do Mundial. A equipe está no grupo C do Mundial ao lado de Peru, Dinamarca e França, adversária da estreia, no dia 16 de junho, na Arena de Kazan.

ÍDOLO NA INGLATERRA

Nascido em Sydney, o meia é filho de um pai ascendência irlandesa e mãe samoana. Ele chegou a jogar pelas seleções de base de Samoa Ocidental antes de optar pela Austrália. Apesar de ser de uma família que é ligada em rúgbi - ele tem primos e sobrinhos que são jogadores profissionais -, seu caminho foi no futebol.

Após começar nas categorias de base do Sydney Olympic, ele pelo Sydney United antes de chegar ao tradicional Millwall, da Inglaterra, em 1997. Ele ajudou a equipe a conseguir o acesso para a Premier League 2000/2001, com recorde de pontos (93).

Cahil ainda foi o responsável pela primeira final de Copa da Inglaterra da história do clube, ao marcar o gol na semifinal contra o Sunderland. Na decisão do torneio, porém, o Millwall acabou derrotado por 3 a 0.

Logo em seguida foi para o Everton por 1,5 milhões de libras. Logo de cara, conquistou os fãs da metade azul de Liverpool. Em 2006, foi o primeiro jogador nascido na Oceania a ficar entre os 50 indicados para a Bola de Ouro. O australiano também foi o primeiro jogador, desde Dixie Dean, a marcar pelo Everton em três clássicos seguidos contra o Liverpool.

REI DA COMEMORAÇÃO

O jogador ficou conhecido também por suas comemorações inusitadas. A mais famosa delas é fingir trocar socos com a bandeira de escanteio. Contra o Portsmouth, ele causou polêmica ao cruzar os pulsos como se tivesse sido algemado por causa da prisão de seu irmão. Pela Liga Europa, contra o Bate Borisov, o meia homenageou às vítimas do terramoto e do tsunami em Samoa, imitando que estava remando em uma canoa.

Após oito anos com o Everton, Cahill para o New York Red Bulls, dos Estados Unidos, em maio de 2013. Depois, foi para o Shanghai Shenhua, em 2015. No ano seguinte, foi para o Hangzhou Greentown.

Após a aventura chinesa, Cahil voltou ao seu país para defender o Melbourne City, clube da A-League. No fim do ano passado, voltou ao Milwall com objetivo de chegar preparado para a Copa do Mundo de 2018.