<
>

Palmeiras x Corinthians: Jaílson tem pena reduzida e está liberado para final

Jaílson, goleiro do Palmeiras Gazeta Press

O goleiro Jaílson está liberado para disputar a final do Campeonato Paulista, no Allianz Parque, no próximo domingo. Em julgamento de recurso realizado nesta terça-feira, ele teve pena reduzida de três para duas partidas, que já foram cumpridas.

Jaílson foi punido há duas semanas pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo pelo pênalti cometido em Renê Júnior e as declarações dadas contra a arbitragem após o dérbi contra o Corinthians ainda na primeira fase do Estadual.

Inicialmente, ele pegou duas partidas pela entrada no rival e mais uma pelo que disse. A primeira parte da punição foi mantida nesta terça, mas a segunda, convertida para apenas uma advertência, o liberando, portanto, para atuar.

O Palmeiras defendeu a absolvição ou a redução da pena de Jaílson para uma partida. Wilson Marqueti Júnior, procurador-geral do TJD-SP, porém, se posicionou para a diminuição para dois jogos, sendo seguido por mais dois auditores - outro pediu apenas uma de gancho.

Jaílson vinha atuando por meio de um efeito suspensivo obtido pelo Palmeiras, que o liberou para as quartas de final contra o Santos e também o primeiro jogo da decisão, vencido pela equipe alviverde por 1 a 0 no último sábado.

Com o goleiro em campo, o Palmeiras joga por um empate contra o Corinthians, neste domingo, às 16h, para ser campeão paulista. O rival precisa vencer por dois gols ou ao menos um para levar a disputa para os pênaltis.