<
>

Alexis Sánchez revela vontade de encerrar carreira por time que joga a Libertadores; veja qual

Depois de três temporadas e meia como a maior referência do Arsenal, Alexis Sánchez passou a vestir a camisa do Manchester United no último mês de janeiro, após a transferência que muitos acreditaram ser a última da carreira do chileno.

Bem, se engana quem pensa que Sánchez pretende se aposentar na Premier League. O atacante revelou que gostaria de encerrar a carreira em seu país de origem, mais precisamente na Universidad de Chile, clube para o qual ele e sua família torcem.

Em entrevista ao canal Chilevision TV, o jogador de 29 anos disse que o sonho de seu pai adotivo, José Delaigue, que faleceu de câncer em maio de 2011 aos 74 anos, era vê-lo vestir as cores da U. de Chile. Entre as principais conquistas do clube estão 18 títulos do Campeonato Chileno e uma Copa Sul-Americana.

“Acho que seria o sonho da minha família. Meu pai, que agora está no céu, era torcedor da La U e a verdade é que muitas pessoas da minha família adorariam me ver lá”, contou Sánchez. “Meu pai era o pilar da família e, às vezes, as pessoas fazem coisas por suas famílias, também”, completou.

Alexis iniciou a carreira no Cobreloa em 2005, mas já em 2006 foi comprado pela Udinese, da Itália. Logo que fechou o acordo, no entanto, retornou ao Chile emprestado ao Colo-Colo, onde jogou por duas temporadas, antes de ser emprestado ao River Plate, da Argentina, por uma temporada. Finalmente vestiu a camisa da Udinese de 2007 a 2011, quando se mudou para a Espanha. Defendeu o Barcelona por três temporadas, de 2011 a 2014 e, depois, foi para o Arsenal, onde atuou até janeiro deste ano.

“Joguei pelo Colo-Colo e a verdade é que foi ótimo e venci muitas coisas com eles, mas acho que as pessoas vão entender se eu for para a U. de Chile, porque é um sonho que meu pai tinha e, se Deus quiser, irei realizar”, revelou Sánchez.

Por enquanto, o chileno segue com foco no time comandando por José Mourinho. Ele foi alvo de críticas após a derrota e eliminação na Champions League pelo Sevilla. O ex-jogador e ídolo do United, Rio Ferdinand, o descreveu como a “sombra do antigo Alexis”.

Após as declarações do jogador, o perfil oficial da Universidad de Chile no Twitter mandou uma mensagem com corações.