<
>

Manchester City já topa negociar Sterling com o Chelsea e pode faturar quase R$ 400 milhões em 'operação relâmpago'

Segundo apuração da ESPN, o Manchester City aceitará negociar Raheem Sterling com o Chelsea caso o clube de Londres chegue a uma proposta mínima de 50 milhões de libras


Raheem Sterling tem caminho livre para negociar a sua saída para o Chelsea. O Manchester City decidiu que não vai barrar uma proposta dos Blues pelo atleta, segundo fontes disseram à ESPN.

O atual campeão da Premier League quer receber uma oferta entre 50 e 60 milhões de libras (algo em torno de R$ 320 milhões e R$ 385 milhões) pelo atacante, que ainda tem mais um ano de contrato no Etihad Stadium. Mas se os números forem adequados, há chances de que a mudança para Stamford Bridge passa acontecer.

Sterling deixou claro que está interessado em um novo desafio após sete anos no Manchester City, e ficou impressionado com os planos do Chelsea de torná-lo um jogador importante sob o comando de Thomas Tuchel.

O atacante adiou as negociações para a renovação de seu contrato com o City pelo temor de que possa perder espaço sob o comando de Pep Guardiola. O jogador de 27 anos acredita ser mais provável ter maior regularidade atuando na equipe do treinador alemão.

Fontes disseram à ESPN que o Manchester City preferiria que Sterling se mudasse para o exterior após interesses iniciais de Bayern de Munique, Real Madrid e Paris Saint-Germain, mas os dirigentes respeitarão a decisão do jogador caso ele escolha o Chelsea.

Novo dono do clube de Stamford Bridge, Todd Boehly já entrou em contato com cartolas do City para se conversar sobre Sterling. Fontes disseram à ESPN que um acordo poderá ser concluído com relativa rapidez.

Caso aconteça, esse será o segundo acordo do Manchester City com rivais do 'Big Six', após a transferência de Gabriel Jesus para o Arsenal em uma negociação de 45 milhões de libras (R$ 288 milhões).

Mesmo caso a saída de Raheem Sterling aconteça, fontes disseram à ESPN que clube voltará suas atenções para a contratação de um novo lateral-esquerdo antes de pensar na reposição para o ataque.

Erling Haaland já foi uma contratação para esta temporada, ao passo que o clube segue dando negativas às propostas de empréstimo pela sensação argentina Julian Alvarez, que se juntará ao elenco após deixar o River Plate.

Guardiola também planeja usar o jovem Cole Palmer com mais regularidade, e não há planos de deixar Riyad Mahrez sair. O Manchester City foi ligado a João Félix, mas fontes próximas ao clube disseram à ESPN que eles não têm interesse no atacante do Atlético de Madrid.