<
>

Questionado sobre fim da era 'ostentação' de Neymar, presidente do PSG cobra humildade no clube e dá resposta dura: 'Quem não quiser, ficará de lado'

play
Lucas Moura detalha saída do PSG e lamenta: 'Queria ter feito parte daquela constelação, com Neymar e Mbappé' (1:45)

Lucas contou no Bola da Vez que tentou seguir no clube, mas que começou a ficar fora até do banco depois que foi informado que não seria mais aproveitado: 'Nunca levei para o pessoal' (1:45)

Decidido em mudar o estilo do time, Nasser al-Khelaifi manda recado direto para o elenco visando a nova temporada: “Você tem que se disciplinar, dentro e fora do campo. Espero que todos os jogadores façam muito mais do que na temporada passada”.


Uma nova era do PSG pode estar se iniciando. Depois de 11 anos de sua chegada, Nasser al-Khelaifi quer uma nova postura do elenco e aproveitou uma exclusiva com o jornal francês Le Parisien para mandar seus recados. Para isso, além de trazer Luis Campos, para ser o novo homem forte do futebol, o mandatário quer uma nova postura dos atletas0.

“Espero que todos os jogadores façam muito mais do que na temporada passada. Muito mais! Para a próxima temporada, o objetivo é claro: trabalhar todos os dias a 200%. Dê tudo o que temos para esta camisa, dê o máximo e veremos o resultado. Temos que nos tornar humildes novamente. Você tem que mudar para evitar lesões, suspensões e faltas que viram o jogo de cabeça para baixo. Paramos de dizer: queremos ganhar isso e isso e isso. Estamos construindo. Você tem que se disciplinar, dentro e fora do campo. Quem não quiser, ficará de lado”.

Segundo a imprensa francesa, a fala forte de Nasser é um recado claro e direto para Neymar. Contratado em 2017 para 'mudar o patamar' do PSG no futebol mundial, o brasileiro acabou marcado pelos problemas que teve fora do campo e, segundo os franceses, pela falta de foco com as coisas relacionadas ao campo e do time.

Por conta disso, a possível saída do brasileiro para outra equipe, assunto que era negado e evitado na direção do PSG até a última temporada, passou a ser debatido e considerado. “Não queremos mais jogadores chamativos, é o fim do glitter”, disse Nasser.