<
>

Libertadores: Julián Álvarez entra para a história com seis gols, River Plate goleia e garante a segunda melhor campanha geral

Atacante argentino comanda a goleada com seis gols e o River Plate segue para o mata-mata como segundo melhor time entre os 16 classificados


Com um verdadeiro show de Julián Álvarez, o River Plate confirmou a segunda melhor campanha da Conmebol Libertadores de 2022. Precisando de um triunfo por dois gols, o time argentino superou o Alianza Lima por 8 a 1, com seis gols de Álvarez, e manteve a invencibilidade na competição continental. Com o resultado, o time de Marcelo Gallardo seguiu para as oitavas de final da Conmebol Libertadores com a segunda melhor campanha geral, atrás apenas do Palmeiras.

Com os seis gols nesta quarta-feira, Julián Álvarez entrou para a história da Conmebol Libertadores ao se tornar o segundo jogador a conseguir marcar seis vezes na mesma partida. Além de Álvarez, Juan Carlos Sanchez, quando atuava pelo Blooming em 1985, também marcou seis na mesma partida.

A partida

Logo nos primeiros minutos de partida, ficou claro que seria uma série de ataque contra defesa. Tendo mais a bola, o River Plate passou a rondar a área dos peruanos e logo marcou duas vezes. Aos 15, Julián Álvarez recebeu lindo passe e tocou na saída do goleiro para abrir o placar. Em seguida, aos 18, o mesmo Julián Álvarez completou o cruzamento da direita e fez o 2 a 0.

Depois do segundo gol argentino, o Alianza Lima tentou sair para o jogo e acabou tendo um gol anulado por impedimento. Contudo, com o passar do tempo, o River Plate voltou a dominar as ações e marcou o terceiro. Aos 41, Julián Álvarez recebeu na entrada da área e bateu firme para fazer o 3 a 0. Nos minutos finais, os argentinos valorizaram a posse de bola e levaram a vantagem para o intervalo.

Na segunda etapa, o River Plate precisou de 12 minutos para dobrar a vantagem no placar. Aos 8, Simón completou para o gol após boa jogada coletiva e transformou a vitória em goleada. No minuto seguinte, Julián Álvarez aproveitou bobeada do goleiro e fez o quinto gol do time argentino. Aos 12, Álvarez foi lançado na área e com apenas um toque colocou para o fundo do gol.

Após o início arrasador, o time argentino pareceu tirar um pouco o pé e fez o tempo passar. Já na parte final do duelo, o sétimo gol aconteceu. Aos 34, Elías Gómez recebe na ponta esquerda, entrou na área e acertou lindo chute para fazer 7 a 0. Quatro minutos mais tarde, Álvarez entrou para a história da Conmebol Libertadores. Depois de receber na entrada da área, o atacante passou por dois marcadores e tocou rasteiro para fazer o sexto dele e o oitavo do River na partida.

Quando o jogo parecia encerrado, o Alianza Lima marcou o seu gol. Aos 43, Lavandeira aproveitou cobrança de pênalti e descontou para o time peruano, fechando o placar em 8 a 1.