<
>

Indireta para Paulo Sousa? Diego Alves posta foto de Adriano com frase icônica: 'Que Deus perdoe essas pessoas ruins'

Nas redes sociais, goleiro do Flamengo publicou uma foto do ex-atacante Adriano vestindo camisa com a icônica frase 'Que Deus perdoe essas pessoas ruins'


Nesta quarta-feira (18), um dia após o técnico Paulo Sousa comentar sobre a tentativa de Diego Alves de voltar a jogar no Flamengo, o goleiro publicou uma mensagem enigmática nas redes sociais. No Instagram, o atleta usou uma foto do ex-atacante do Rubro-Negro Adriano 'Imperador' vestindo camisa com a icônica frase: 'Que Deus perdoe essas pessoas ruins'.

Após a vitória por 3 a 0 sobre a Universidad Católica, nesta última terça-feira (17), no Maracanã, pela fase de grupos da Conmebol Libertadores, Paulo Sousa comentou sobre a opção de não escalar Diego entre os titulares para a partida. O técnico português citou, inclusive, a reunião que o goleiro teve com o diretor executivo do clube, Bruno Spindel, na véspera da partida.

"Aqui os processos não são assim, os jogadores para jogar têm que treinar. E ele não treinou nenhum dia desde o jogo contra o Botafogo, por isso não podia estar relacionado", começou por dizer.

"O Diego (Alves), após o jogo do Botafogo, onde fez o aquecimento, no dia seguinte ele reportou ao departamento médico dores no púbis um pouco dispersas. O departamento fez uma ressonância, temos que confiar no jogador. Nem tudo vai ter algo gráfico", prosseguiu.

"Todos os dias um colaborador meu fala com todos os jogadores para ter sensações e perceber que nível de dor ou contrações musculares ou se dormiu bem ou mal. Para podermos ir ajustando o tipo de trabalho e as ações."

"Ontem (segunda) de manhã ele continuava a ter dores. À tarde, o nosso fisioterapeuta disse que o Diego estava melhorzinho, que se sentia capaz para poder treinar. Se vocês verificarem o que são dores no púbis e o tempo que leva para recuperação, não pode ser de um dia para o outro."

"Ou por uma reunião que teve com o Bruno Spindel na hora do almoço. E que rapidamente se recuperou e podia estar disponível para jogar", finalizou.

A declaração na entrevista coletiva escancarou a relação conturbada entre o técnico e o goleiro no Flamengo. Paulo Sousa indicou que Diego pediu para jogar e que teria mudado de ideia após a reunião com Spindel, na última segunda.

O goleiro de 36 anos está longe das atividades no Rubro-Negro10 dias por conta de uma pubalgia. Na atual temporada, o atleta disputou apenas duas partidas, ambas como titular e pelo Campeonato Carioca.

Desde 2017 no clube carioca, Diego tem contrato com o clube apenas até o fim do ano e ainda tem futuro indefinido para 2023.