<
>

Europa League: Goleiro brilha, Eintracht Frankfurt vence o Rangers nos pênaltis e é campeão invicto

Após 1 a 1 no tempo normal, o Eintracht Frankfurt derrotou o Rangers nos pênaltis por 5 a 4 e se sagrou campeão invicto da Europa League


O Eintracht Frankfurt fez valer o favoritismo, venceu o Rangers nos pênaltis por 5 a 4 e se sagrou campeão da Europa League de forma invicta, nesta quarta-feira (18) no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán, na cidade de Sevilha. A final teve transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

Depois de 1 a 1 no tempo regulamentar, que persistiu durante a prorrogação, o goleiro Trapp brilhou nos penalidades catando a cobrança Ramsey. Borré converteu, deu o título aos alemães e colocou a equipe na próxima edição da Champions League.

O clube alemão chegou invicto à decisão, depois de despachar, entre outras pedreiras, o Barcelona nas quartas, com direito a invasão de sua torcida no Camp Nou, e de eliminar o West Ham na semi. Vale lembrar que o Eintracht foi campeão da Copa da Uefa em 1980 contra o Borussia Monchengladbach.

Já os escoceses tentavam o título inédito e passaram por Estrela Vermelha, Braga e RB Leipzig - este último com uma virada incrível em casa - para chegar na decisão.

No primeiro tempo, o Frankfurt dominou nos minutos iniciais, impôs pressão e desperdiçou algumas chances de largar na frente, principalmente nos chutes de Kamada, aos 11 minutos e de Knauff, aos 19, que pararam no goleiro McGregor.

A partir dos 25, depois da pausa para hidratação, a partida ficou mais equilibrada e o Rangers conseguiu se manter por mais tempo no campo de ataque. No entanto, só assustou na cabeçada de Lundstra, espalmada pelo goleiro Trapp.

Já no segundo tempo, o clube alemão teve a melhor oportunidade até então. Logo aos 3, Lindström arriscou um chute na entrada da área. A bola desviou em Kamara, tirou o McGregor de ação e passou raspando na trave direita.

Em resposta, o Rangers quase inaugurou o marcador depois que Knauff errou ao tentar cortar e Kent bateu para fora, aos 9.

E foi justamente na falha do time adversário, desta vez da dupla Sow e Tuta, que o Rangers abriu o placar com Aribo, aos 11. O gol esquentou a decisão e obrigou os alemães a saírem para o jogo. Aos 21, Kamada foi lançado livre na área, tocou por cima de McGregor e por muito pouco não empatou para o Frankfurt.

Mas foi Borré que deixou tudo igual em Sevilla, aos 23. Após o cruzamento de Kostic, o colombiano ganhou da marcação e bateu no canto direito de McGregor para fazer 1 a 1.

Nos minutos finais, o Rangers foi quem pressionou em busca do segundo gol. Aos 40, Sakala tentou cruzar mas mandou nas mãos do goleiro Trapp.

Com o empate no tempo regulamentar, a decisão foi para a prorrogação. No primeiros 15 minutos, dois times buscaram o ataque, mas não criaram grandes chances. Já no 2º tempo, as duas equipes demonstraram bastante cansaço. O Rangers levou perigo na batida de fora da área de Barisic, que acabou defendida por Trapp.

O Frankfurt respondeu também com o chute forte de Jakic, que passou próximo ao travessão de McGregor.

Depois de 117 minutos de bola rolando, o goleiro Trapp operou um verdadeiro milagre ao defender o chute de Kent, que poderia valer o título ao Rangers. Na sobra, Davis desperdiçou. Antes do apito, Tavanier cobrou falta e Trapp, novamente, defendeu em dois tempos.

Nas penalidades, Tavernier converteu para o Rangers. Em seguida, Lenz igualou para o Frankfurt. Depois, Davis e Hrustic marcaram para os alemães. Arfield e Kamada também fizeram para os escoceses. Até que Ramsey cobrou no meio e Trapp defendeu.

Depois disso, Kostic converteu Frankfurt. Roofe também fez para o Rangers. Por fim, Borré marcou o último e garantiu o título para o Frankfurt.

Situação do campeonato

Com o resultado, o Eintracht Frankfurt é campeão da Europa League e está garantido na fase de grupos da próxima Champions League.

Já o Rangers ficou com o vice.

O heroi: Trapp

Depois de fazer um verdadeiro MILAGRE na prorrogação e evitar o gol de virada do Rangers, o goleiro ainda defendeu a cobrança de Ramsey e foi peça fundamental no título do time alemão!

O cara: Rafael Santos Borré

Lembra dele, fã de esporte? O atacante colombiano autor do gol de empate e que converteu a última cobrança do time alemão, esteve muito perto de fechar com o Palmeiras antes de ir à Europa e também chegou a ser sondado no Grêmio e no São Paulo.

Foram mal: Sow e Tuta

No lance do gol do Rangers, Sow falhou ao cabecear para trás e só assistiu o nigeriano Aribo disparar. Depois, o brasileiro Tuta escorregou na marcação e deixou o adversário livre para abrir o placar.

Próximos jogos

11º colocado da Bundesliga, o Eintracht Frankfurt só volta a campo na próxima temporada. Já o Rangers terá outra decisão pela frente contra o Herts no sábado (21) às 11h (de Brasília), pela final da Copa da Escócia.

Ficha técnica

Eintracht Frankfurt 1 (5) x 1 (4) Rangers

GOLS: Aribo (11' do 2ºT), Borré (23' do 2ºT)

EINTRACHT FRANKFURT: Trapp; Touré, Tuta (Hasebe), Ndicka e Knauff; Rode (Jakic), Sow (Hrustic), Kostic, Lindström e Kamada (Arfield); Borré. Técnico: Oliver Glasner

RANGERS: McGregor; Tavernier, Goldson, Bassey e Barisic (Roofe); Lundstram (Hauge), Jack (Davis) e Kamara; Kent, Aribo (Sands) e Wright (Sakala) (Ramsey). Técnico: Giovanni Van Bronckhorst