<
>

MIBR anuncia suas escalações de Free Fire e Valorant para 2022

play
"Traz uma motivação maior", diz Apoka sobre Major com torcida (4:02)

O treinador do MIBR também fala sobre o Major do Rio em 2022 (4:02)

MIBR anuncia suas escalações de Free Fire e VALORANT para o ano de 2022, além de confirmar sua permanência no Rainbow Six Siege e CS:GO masculino e feminino


Prometendo novidades para o ano de 2022, o MIBR anunciou nesta sexta-feira (14), suas escalações para temporada. As novidades ficaram em cima das equipes de VALORANT e Free Fire, onde o Made In Brazil anunciou no ano de 2021, a entrada nas respectivas modalidades. O vídeo de anunciou contou com a presença do trapper Yunk Vino, que seguiu com a apresentação das escalações do MIBR.

A escalação da Made In Brasil para a disputa do VCT BR será formada por gtn, mNdS, DeNaro, teddy e jzz. O grande nome da escalação ficou em cima de gtn, que disputou dois torneios internacionais com a Team Vikings e será o capitão da equipe durante o ano de 2022. teddy volta a uma equipe de expressão após deixar a FURIA, no mês de março de 2021.

A equipe de Counter-Strike se manteve em chelo, exit, WOOD7, Tuurtle e JOTA. Sendo confirmado no projeto do The Last Dance, boltz não vai permanecer no MIBR e tem sua saída confirmada. Mesmo com Apoka sendo listado como treinador, nak deve assumir o cargo até a organização achar um substituto.

Buscando sua vaga na próxima edição da LBFF, a escalação da organização será formada por Correia, Strongx7, NewsX7, Cauã, Zetsu e Legit7. A estreia da equipe será na Série B da LBFF, que será realizada no mês de fevereiro.

Estreando no qualificatório do Six Invitational 2022, a escalação de R6 do MIBR será composta por Faallz, FelipoX, LuKid, Rappz, reduct e SKaDinha. Fechando a lista de novidades, Bizinha, fly, Cellax, Arkynha, LyttleZ, Bokor e Nominho estão confirmadas na escalação de CS:GO feminino da organização. A organização despistou os rumores de uma possível migração para VALORANT, e deve permanecer no CS:GO feminino.