<
>

'Foi um divisor de águas', diz Keio sobre importância do CBolão em sua carreira

play
'Na hora do vamos ver, é dar tudo de si para ganhar', diz Keio sobre competir no CBolão (7:26)

O jogador também fala da importância do campeonato beneficente em sua carreira (7:26)

Em entrevista exclusiva ao ESPN Esports Brasil, o mono Evelynn fala sobre o time montado para a quarta edição do CBolão, experiência no campeonato e a oportunidade de se destacar


Ao lado de Nicklink, Courtesy, Daenerys e Hanabi, com sua Evelynn que aterroriza as rankeds brasileiras, Keio será o caçador de uma das duas equipes de mono champions que participarão da quarta edição do CBolão. Com as finais começando neste sábado (04), o jogador concedeu uma entrevista exclusiva ao ESPN Esports Brasil para falar sobre o time, experiência no campeonato, oportunidade de se destacar e mais.

Jogando apenas para se divertir entre aulas, estágios e monitorias que acompanham a cansativa rotina de uma faculdade de medicina, o mono Evelynn que antes era conhecido apenas dentro das filas ranqueadas pelas vítimas que encontravam sua assassina invisível dentro de jogo, chegou a novos patamares depois de participar do time de mono champions do CBolão.

Keio aproveitou o embalo e destaque recebido pelo campeonato idealizado por Baiano e passou a se destacar cada vez mais por meio de suas streams. Saiu de um jovem envergonhado que streamava sem câmera e mal falava, para se tornar um extremamente extrovertido que hoje faz conteúdos explicativos e que já chegou até a participar de produtos oficiais da Riot Games.

“O CBolão na minha carreira de streamer foi um divisor de águas, existe o Keio pré-CBolão e um pós. Não é como se fosse uma coisa de ‘ah, se você entrar no campeonato e jogar você tem uma carreira de streamer pronta’, não é assim que funciona. A palavra que define o CBolão pra mim, não só para quem tá jogando mas também pros que estão em volta é: oportunidade”, observa Keio.

“O cara que joga lá, ele tem um palco enorme para se mostrar e ter essa primeira impressão do público, assim como o cara que tá na equipe técnica e tá fazendo as câmeras 360, o cara que faz a identidade visual e manda bem demais, a equipe de marketing. Todo mundo está tendo um palco muito grande pra se provar, a grande questão é como você vai aproveitar essa visibilidade depois daquele momento”, adiciona.

Segundo o jogador, além de trazer uma grande oportunidade para conquistar o coração dos espectadores, o CBolão também foi responsável por mudar o pensamento geral da comunidade acerca dos mono champions, que antes não eram tão queridos pelos jogadores do elo mais alto.

“Ajudou imensamente [a trazer respeito aos mono champions]. Não há quem discuta isso, a visão que a comunidade em geral - e por consequência que as pessoas dos elos mais altos - têm da gente mudou muito, principalmente a forma de tratar, depois do CBolão [...] Quando entramos lá no primeiro CBolão, foi algo muito despretensioso, mas desde lá, tanto o Baiano como a equipe junto da comunidade criou todo um folclore por assim dizer em torno dos mono champions. Era montage, música e vídeo no twitter, de tudo isso que foi criado desenvolveu um carinho pelos jogadores”, comenta Keio.

Jogando em frente a uma legião de fãs que esperam ansiosamente pelo campeonato entre suas edições, além de ser um palco para divulgar uma boa causa através das doações e quebrar estigmas incrustados na comunidade, o evento também pode ajudar e muito nas pessoas que desejam seguir com criação de conteúdo. Para Keio, os mono champions que quiserem seguir passos semelhantes aos dados por ele devem ir além de só aparecer no campeonato.

“Um mono champion que tá chegando agora que quer ser streamer e vai jogar o CBolão, como ele pode realmente aproveitar isso? Além de, obviamente, aproveitar o evento, desempenhar bem, interagir com a comunidade, engajar. Ser uma pessoa legal. É sobre o que você faz com o pós daquilo [...] A oportunidade está ali, mas a galera tem que se dispor a agarrar aquela oportunidade, se dedicar, ter um cronograma, aproveitar a visibilidade mas não achar que ela é uma fórmula mágica para o sucesso”, diz Keio.

De forma didática, o jogador conquistou o coração de sua legião de fãs através de não só sua personalidade, mas também pelos conteúdos extremamente educativos e bem explicados sobre conceitos de jogo e dos campeões que masterizou para subir ao mais alto patamar das ranqueadas.

MOSTRANDO SEU MELHOR

Apesar de não considerar que seus conhecimentos estão a par daquele tido pelos jogadores que atuam profissionalmente, Keio está pronto para mostrar tudo o que sabe e dar o sangue para garantir o título.

“Eu não acho que eu tenho muito conhecimento avançado de jogo, as vezes passa essa impressão no Youtube e acho que isso é questão de didática. Mas conhecimento aprofundado, de treinamentos e campeonatos que os profissionais têm, eu realmente acho que não tenho isso. Entendo muito bem o que meus campeões se propõe a fazer e consigo transmitir isso”, observa o estudante de medicina.

“Eu gosto muito da sensação de jogar competitivo, sou competitivo em tudo na minha vida. Então, por mais que a gente monte o time na brincadeira, entre amigos, na hora do vamos ver é dar tudo de si para tentar ganhar”, adiciona.

Ainda que não queira seguir a carreira profissional no competitivo de League of Legends brasileiro, o jogador também acredita que o campeonato seja um bom palco para aqueles que desejam seguir esse caminho, não só para mostrar suas habilidades, mas também para criar sua imagem.

“Eu imagino que seja sim positivo não só por você se provar em termos de gameplay, mas eu enxergo hoje em dia que imagem é algo que tá cada vez mais sendo valorizada no mercado quando você pensa em contratação. Você não quer contratar a foto de anime no Twitter que não tem nome e clica bem de Riven. O CBolão, tendo essa visibilidade para o cara se apresentar para a comunidade já é uma vantagem imensa, claro a gameplay com certeza vai pesar, mas acho que caminham juntas essas duas oportunidades de se provar”, conta o jogador.

Entrando em Summoner’s Rift acompanhado de amigos (não apenas companheiros de time), Keio entrará em ação nas finais do CBolão neste sábado (04) a partir das 13h. Assim como aconteceu nas outras etapas, a transmissão do campeonato será feita através do canal oficial do Baiano tanto na Twitch quanto no Youtube.