<
>

Após saída d felps, b4rtiN está descontente e vai para a reserva da equipe de CS do Team oNe

b4rtin se sente descontente e quer deixar Team oNe HLTV.org

Instável. É assim que podemos definir a atual situação do Team oNe no Counter-Strike: Global Offensive. Poucos tempo após perder felps, a equipe sofre mais uma importante baixa. O ESPN Esports Brasil apurou que b4rtiN comunicou os companheiros o desejo de deixar o time e foi colocado na reserva, conforme informou o clube à reportagem. .

As informações obtidas pela reportagem apontam que o jovem está descontente porque, após a entrada de felps, as posições dos Golden Boys dentro do jogo mudaram por completo, além do fato de ter sido preterido em muitos dos treinos que a equipe disputou antes do primeiro pré-classificatório sul-americano para o Major que será disputado no Rio de Janeiro em maio.

Segundo fontes próximas ouvidas pela reportagem, a saída de b4rtiN ainda não foi oficializada por conta de burocracias contratuais.

No final de janeiro, inclusive, o ESPN Esports Brasil revelou que o jogador já havia pedido "um tempo" e que não estava inscrito para o primeiro pré-classificatório sul-americano. A situação mudou quando felps, na véspera do torneio, revelou que estava deixando o time. Até então chamado para jogar na vaga de b4rtin, o reserva da Detona, prt acabou substituindo o atleta que foi emprestado ao Team oNe pelo MIBR.

O elenco do Team oNe vem passando por mudanças desde dezembro passado, quando bit e bld- resolveram deixar a equipe. Uma das vagas foi preenchido por felps, enquanto a outra seria ocupada pelo chileno dav1dd, que acabou não se adaptando ao time e foi substituído as pressas por pesadelo, reserva da Red Canids Kalunga que foi emprestado por 30 dias, conforme revelado na época pelo Globo Esporte.

Nas últimas semanas os Golden Boys disputaram pré-classificatórios para o World Electronic Sports Games (WESG) e ESL One Rio. Em ambos, Team oNe não conseguiu ficar com a vaga. Red Canids foi quem eliminou a equipe na seletiva do WESG. enquanto na do Major o algoz foi Imperial.

Team oNe ainda tem uma chance de se classificar para a seletiva sul-americana do Major no Rio. Para isto, a equipe precisará conquistar uma das vagas que serão distribuídas no segundo pré-classificatório, marcado para 14 de fevereiro e que ainda está com as inscrições abertas.

O ESPN Esports Brasil procurou o Team oNe para falar sobre a situação de b4rtiN e a organização respondeu que o jogador continua na equipe, mas que "foi colocado no banco temporariamente por decisão interna". O clube também disse que "prt- foi contratado junto à Detona e o pesadelo tem contrato de empréstimo até 9 de fevereiro, quando conversaremos internamente para fechar o time para a próxima temporada".

A reportagem também contactou a Red sobre pesadelo, que via assessoria respondeu que "não comentará o assunto enquanto o contrato de empréstimo do jogador ainda estiver em vigor".