<
>

Senadora Leila pede que 'Lei dos Esports' passe pela Comissão de Assuntos Econômicos

Plenário do Senado. Reuters

A discussão sobre o Projeto de Lei 383/2017, apelidado de ‘Lei dos Esports’, pode se estender ainda mais. Em requerimento ao presidente do Senado, a Senadora Leila Barros solicitou que o PL também seja ouvido pela Comissão de Assuntos Econômicos.

O pedido foi feito em 8 de novembro, um dia após a assembleia que reuniu senadores e representantes das áreas de videogames e esportes eletrônicos em Brasília. Na ocasião, a conversa acabou tendo como foco o artigo da lei que dispõe sobre a proibição de jogos violentos.

No requerimento, a senadora afirma que o PL “regulamenta o esporte eletrônico, mercado que movimenta anualmente bilhões de reais. Audiência pública realizada na CE, com participação de vários atores deste setor, evidenciou a necessidade de uma cuidadosa avaliação dos possíveis impactos das medidas propostas, razão pela qual solicito que a CAE também seja ouvida”.

Na contramão, um grupo de senadores solicitou urgência no PL, o que faria a ‘Lei dos Esports’ chegasse mais cedo ao plenário para votação. O pedido de urgência foi realizado em setembro e assinado pelos senadores Alvaro Dias (PODEMOS/PR), Esperidião Amin (PP/SC), Major Olimpio (PSL/SP), Otto Alencar (PSD/BA), Roberto Rocha (PSDB/MA), Rodrigo Pacheco (DEM/MG), Rogério Carvalho (PT/SE) e Weverton (PDT/MA).

Uma nova audiência para discutir o projeto de lei está marcada para esta quinta-feira, 21 de novembro.