<
>

São Paulo: Carneiro, suspenso por doping, treina em sindicato no Uruguai e tem novo julgamento este mês

Suspenso por doping desde abril do ano passado por uso de cocaína, o uruguaio Gonzalo Carneiro não está totalmente afastado do futebol. O atacante, que possui contrato com o São Paulo até março de 2021, iniciou neste mês treinamentos em Montevidéu com um grupo técnico da Mutual Uruguaia de Futebolistas Profissionais (MUFP) - sindicato de atletas fundado em 1946 e que presta auxílio à classe.

Na associação, o jogador de 24 anos conta com apoio de preparadores físicos, fisioterapeutas e treinadores. O local recebe jogadores desempregados ou afastados de seus respectivos clubes. O próprio Carneiro já havia procurado a Mutal no ano passado para manter a forma física.

Entre os profissionais que trabalham na Mutual, está o brasileiro Luciano "Cafu" Barbosa, ex-jogador que atuou no futebol uruguaio. Ele acompanha Carneiro nas atividades e torce pela sua recuperação.

"No começo, a gente não perguntava nada, não era o momento. Ele (Carneiro) é uma pessoa muito calada, muito fechada. Quando você conversa, ele se abre... não muito também, mas conversa. Outro dia conversamos sobre o futebol brasileiro. Esperamos que ele possa voltar (a jogar), porque tem talento", disse o brasileiro à Folha de S. Paulo.

Vale lembrar que, por conta da suspensão, a legislação não permite que Gonzalo Carneiro treine ou mantenha a forma física no São Paulo.

O uruguaio tem novo julgamento neste mês. Os advogados do atleta tentam reduzir a pena de dois anos.

Nos últimos meses, Carneiro ainda enfrentou a depressão e chegou a ser internado em uma clína para reabilitação.

O último jogo de Gonzalo Carneio pelo São Paulo foi na final do Campeonato Paulista do ano passado. Ele atuou por 45 minutos na primeira partida contra o Corinthians.