<
>

Pai de Neymar, sobre retorno frustrado do filho ao Barcelona: 'Lutamos; demos o nosso melhor'

O pai de Neymar lutou muito pela volta do filho ao Barcelona. A negociação, no entanto, não deu certo, e o atacante acabou mesmo ficando no PSG - pelo menos até janeiro.

Em conferência esportiva em Edimburgo, na Escócia, o empresário e pai do jogador falou sobre a tentativa de tirar o astro brasileiro do clube francês. As declarações foram publicadas pelo jornal espanhol As nesta terça-feira.

"Como agente, você se sente fraco quando não existe uma estrutura que permita sair e chegar. Não havia cláusula de rescisão de contrato, e isso tornava as coisas muito difíceis. Lutamos para encontrar um ponto de acordo . Demos o nosso melhor por ele", afirmou o pai de Neymar.

Palestrante na cidade escocesa, ele disse que o único desejo do filho era jogar onde se sentisse "feliz". "Um brasileiro só quer estar onde está feliz. E ele estava muito feliz em Barcelona. Quando seus amigos perguntaram se ele gostaria de voltar, isso o comoveu". explicou.

Por Dybala, PSG considera vender Neymar em janeiro mesmo que perca dinheiro, diz jornal

A saída de Neymar do PSG pode acabar se dando de forma natural, sem necessidade de o craque brasileiro recorrer a Fifa, por interesse do próprio clube francês.

De acordo com o jornal italiano Tuttosport, o time parisiense está de olho em Dybala, e aí está a chave para uma reviravolta em janeiro.

Neymar pode ter a chance de sair por conta disso. E, segundo o Tutto, o PSG já considera até perder dinheiro se perceber que isso o ajudaria a contratar o astro argentino da Juventus.

Vale lembrar que até o fechamento da janela na Espanha, o Barcelona e o Real Madrid tentaram a contratação de Neymar. Ambos os clubes ofereceram quantia em dinheiro e jogadores, mas o PSG manteve-se irredutível.

Até aqui, o brasileiro não fez nenhuma partida pelo clube de Paris na nova temporada.