<
>

Wuilker Faríñez, o goleiro que já brilhou na Copa América e agora ameaça Brasil

O goleiro Wuilker Fariñez é uma das grandes apostas da seleção da Venezuela para a partida desta terça-feira, em Salvador, contra o Brasil.

Fruto de um trabalho de construção do futebol venezuelano através das categorias de base, ele estaria até na mira do gigante Barcelona.

Será que o arqueiro de 21 anos vai complicar a vida dos comandados de Tite?

Estilo

Natual de Caracas, o camisa 1 do Millonarios, da Colômbia, tem um estilo peculiar. Com 1,81m de altura, é considerado baixo para a posição e já demonstrou algumas vezes que tem séria dificuldade para sair em bolas aéreas.

Debaixo das traves, no entanto, o goleiro compensa qualquer deficiência. Dono de uma velocidade de reação acima da média, costuma fazer defesas incríveis, monstrando movimentos rapidíssimos. Se erra, consegue se recuperar (às vezes de maneira espalhafatosa) a tempo.

Ser "baixinho" definitivamente não atrapalha o jogador da Vinotinto, e a atuação dele no primeiro jogo da Venezuela na Copa América é um exemplo perfeito para esta afirmação. Paolo Guerrero que o diga.

"Um dos melhores"

O meio-campista Yeferson Soteldo é fã do companheiro. Recentemente, o santista declarou que, atualmente, considera o titular de seleção um dos principais da posição no planeta: "Para nós não impressiona, porque ele está acostumado a fazer essas coisas no gol. Eu sempre falo, para mim é um dos melhores goleiros do mundo".

Fã de Casillas

O goleiro Fariñez tem um ídolo no futebol: Iker Casillas. Com 1,85m, a lenda do futebol espanhol também era considerada baixa para os padrões da posição. Mas, com o passar dos anos, ganhou o mundo e se tornou uma das maiores referências do esporte.

Quando era mais novo, o venezuelano chegou a fazer testes no Real Madrid. Apesar de não ter passado, revelou o sonho de um dia jogar nos Merengues para seguir os passos do goleiro multicampeão.

Pesadelo corintiano

Um clube brasileiro já sofreu nas mãos de Fariñez. Com 20 anos, o goleiro foi titular do Millonarios nas partidas contra o Corinthians durante a fase de grupos da Libertadores de 2018. Na Colômbia, fez boas defesas no empate por 0 a 0. Mas a grande atuação aconteceria mesmo em solo brasileiro.

Em São Paulo, o venezuelano fechou o gol na estreia de Osmar Loss. A equipe brasileira jogou para frente a partida inteira, chutando bola atrás de bola, mas o camisa 1 estava realmente inspirado.

Sem conseguir abrir o placar, o Corinthians ainda viu César Carrillo fazer 1 a 0 no segundo tempo com um verdadeiro chutaço de fora da área, de primeira, não dando chances a Walter. A noite terminou com Fariñez sem ser vazado e eleito melhor em campo.

Barcelona de olho

As atuações do jovem com a camisa 1 do Millonarios chamaram a atenção de clubes da Europa. O Benfica, de acordo com jornais portugueses, foi o primeiro a sondar o goleiro, mas o destino da joia venezuelana pode ser outro.

Segundo o Sport, diário esportivo da Catalunha, Fariñez estaria na mira do Barcelona. O próprio jogador respondeu sobre o suposto interesse antes do início da Copa América.

"Até o momento não tenho nada sobre isso. Meu foco é esta competição", afirmou o jogador antes do treinamento da seleção vinotinto em Porto Alegre.

O pai de Fariñez, ao jornal AS, da Espanha, admitiu ter "conversas avançadas" com o clube de Messi e companhia. O site Transfermarkt coloca o atleta como avaliado em 3 milhões de euros (R$ 13,1 milhões na cotação atual).

Estreia de luxo

A atuação do garoto de 21 anos salvou a Venezuela na estreia da Copa América. Após a expulsão de Luis Mago, o goleiro precisou se desdobrar para garantir o empate (com sabor de vitória) contra a seleção peruana de Guerrero e Cueva.

Fariñez realizou quatro defesas difíceis na partida, sendo que em uma delas ele fez um verdadeiro milagre em cima da linha, na conclusão de Edison Flores no segundo tempo.

"O goleiro deles esteve em uma boa noite", afirmou o lateral-direito Luis Advincula, do Peru, após o resultado na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

O primeiro do chefe

Nesta segunda, Rafael Dudamel negou que Wuilker Fariñez não possa atuar na Europa por conta da altura e encheu o titular de confiança: "Se uma equipe de lá me dá a chance de escolher, o primeiro que chamo é ele (Fariñez). O que me interessa é um goleiro que saiba como organizar a grande área".

Ameaça ao Brasil

Os atacantes David Neres, Richarlison e Roberto Firmino, titulares na vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia, vão precisar calibrar os chutes se quiserem superar o atleta da Vinotinto, que chega à partida desta terça-feira cheio de moral.