<
>

Copa América em Salvador: Novidade para Messi, Brasil e dose dupla de Colômbia

play
Com simples 'tchauzinho', Messi faz criança brasileira 'desmanchar' em choro em Salvador (1:23)

Astro argentinou comoveu ao dar atenção aos jovens na calçada (1:23)

A cidade de Salvador, na Bahia, vai receber cinco jogos durante a Copa América de 2019. As partidas serão realizadas na Arena Fonte Nova, que custou R$ 689 milhões e tem capacidade para 47.907 espectadores. O estádio é a casa do Bahia, clube do nordeste mais bem colocado na Série A do Campeonato Brasileiro.

O primeiro confronto na capital baiana acontece no sábado, às 19h00 (de Brasília), entre Argentina e Colômbia. Nesta sexta, a um dia do duelo, a ESPN já consegue afirmar que o clima na cidade começa a se transformar. É possível encontrar torcedores com as camisas das seleções nos principais pontos turísticos, principalmente no Pelourinho.

O torcedor que não conseguiu ingresso para assistir ao Brasil em Salvador, pela segunda rodada da competição, vai poder se divertir na Fan Fest. Com telão, shows, food trucks e bares, o Farol da Barra abrigará o espaço. Não haverá cobrança para entrar.

ARGENTINA X COLÔMBIA
1ª rodada do Grupo B - sábado (15/06), 19h00

Jogar em Salvador é novidade para Messi. Neste sábado, o camisa 10 fará a sua estreia na capital baiana na partida contra a Colômbia, dando início a mais uma tentativa de conquistar um inédito título com a equipe principal da Argentina. Lionel Scaloni é o técnico.

Do outro lado, a Colômbia. A seleção não conquista a Copa América desde 2001, quando venceu o México na final. A competição pode ser a última chance de título de Ospina, 30, e Falcao, 33, levantarem uma taça. O português Carlos Queiroz, que treinou o Irã no último Mundial, é uma das novidades.

Os velhos conhecidos do público brasileiro: a Albiceleste levou Nicolás Otamendi, ex-Atlético, à competição, enquanto os Cafeteros contam com Yerry Mina, ex-Palmeiras, e Gustavo Cuellar, do Flamengo, entre os convocados.

BRASIL X VENEZUELA
2ª rodada do Grupo A - terça (18/06), 21h30

O Brasil vai jogar na Arena Fonte Nova na segunda rodada da Copa América - não há mais ingressos disponíveis. A seleção não atua em Salvador desde novembro de 2015, quando venceu o Peru por 3 a 0.

A partida será especial para Daniel Alves. Nascido em Juazeiro, o lateral-direito retorna à capital baiana consagrado e como capitão. O jogador apareceu para o futebol no Bahia, em 2001.

Se quiser ter chances de avançar à próxima fase, a Venezuela vai precisar vencer o Peru na estreia. Com isso, enfrentaria o Brasil em um duelo decisivo pela classificação.

A seleção brasileira não perde para os venezuelanos desde 2008. Na ocasião, o time comandado por Dunga foi derrotado por 2 a 0 em amistoso realizado nos EUA. O duelo mais recente entre as equipes aconteceu em 2016, quando Gabriel Jesus e Willian marcaram os gols da vitória por 2 a 0 em Mérida.

A Vinotinto vem ao Brasil com Salomón Rondón, do Newcastle, e Josef Martínez, do Atlanta United, como destaques ofensivos. O técnico Rafael Dudamel também convocou Yeferson Soteldo, do Santos.

EQUADOR X CHILE
2ª rodada do Grupo C - sexta (21/06), 20h00

Os confrontos entre Equador e Chile costumam ser equilibrados. Nos últimos seis jogos, por exemplo, são três vitórias para cada seleção. O encontro mais recente aconteceu em 2017, quando os chilenos triunfaram por 2 a 1, com gols de Eduardo Vargas e Alexis Sánchez.

A equipe chilena, atualmente treinada por Reinaldo Rueda (ex-Flamengo), defenderá no Brasil o bicampeonato da Copa América - ganhou em 2015, em casa, e a edição do Centenário, nos EUA, no ano seguinte. Para a competição, Sánchez foi convocado, mas Bravo ficou fora.

O Chile ainda conta com Charles Aránguiz, ex-Inter, e Eduardo Vargas, ex-Grêmio, à disposição. O Equador, por outro lado, veio ao Brasil sem dois conhecidos do público brasileiro: Cazares, do Atlético-MG, e Sornoza, do Corinthians. Já Arboleda, do São Paulo, é titular absoluto do técnico Hernán Gómez.

COLÔMBIA X PARAGUAI
3ª rodada do Grupo B - domingo (23/06), 16h00

O Paraguai vai fazer o seu primeiro jogo na capital da Bahia na terceira rodada da Copa América. A partida será contra a Colômbia, única seleção que jogará duas vezes na Arena Fonte Nova durante a fase de grupos.

De acordo com o Comitê Organizador Local da Conmebol, os torcedores colombianos (sem contar os brasileiros) foram os que mais compram ingressos para os jogos em Salvador. Ou seja, a Colômbia vai praticamente jogar 'em casa' enquanto estiver na Bahia.

Com apenas uma vitória em 2019, a seleção paraguaia leva à Copa América bastante jogadores conhecidos do público brasileiro: Gatito Fernández, do (Botafogo), Iván Piris, (ex-São Paulo), Fabián Balbuena (ex-Corinthians), Gustavo Gómez (Palmeiras) e Derlis González (Santos).

O duelo entre Falcao García e James Rodríguez e a dupla de zaga paraguaia Balbuena e Gómez promete. Qual é a sua aposta?

QUARTAS DE FINAL
1ºC x 3ªAB - sábado (29/06), 16h00

É difícil projetar quais seleções vão se encontrar nas quartas de final da Copa América. Em Salvador, o duelo do mata-mata será entre o primeiro colocado do Grupo C e o terceiro do Grupo A ou do Grupo B. Se nenhuma surpresa acontecer, Uruguai e Venezuela (ou talvez Paraguai), por exemplo, podem se enfrentar.