<
>

Olimpíadas: Ítalo Ferreira diz qual foi erro de Medina e concorda com nota alta a japonês no surfe: 'Manobra que nunca fez na vida'

play
Olimpíadas: Medina 'sofre' com juízes na semifinal e na disputa do bronze e fica fora do pódio; VEJA! (0:48)

Brasileiro foi eliminado na semifinal e perdeu a medalha de bronze após nota em onda polêmica (0:48)

O resultado do surfe masculino nas Olimpíadas segue sendo assunto. Campeão, o brasileiro Ítalo Ferreira deu sua primeira coletiva após a conquista nesta terça-feira (27) e disse sua visão sobre a derrota de Gabriel Medina.

Clique aqui para ver o Quadro de Medalhas das Olimpíadas atualizado e siga os Jogos de Tóquio em TEMPO REAL!

Para o medalhista, seu compatriota ‘relaxou um pouco’ na parte final da bateria e disse que sua combinação final seria quase impossível.

“A gente só se abraçou, ele deu os parabéns, mas faz parte. Ele estava muito bem na bateria. No meu ponto de vista, ele relaxou um pouco. E aí o Kanoa fez o que ele não fez em alguns anos e virou a bateria. A bateria é até o último minuto”, disse.

“Na minha visão, no final era quase impossível ele virar faltando um minuto. Precisava de uma combinação, duas notas altas. Eu fiz meu trabalho, cheguei aqui com um objetivo, em nenhum momento eu pensei em nada além do ouro, então estou saindo daqui satisfeito”, completou.

Ítalo ainda elogiou a manobra feita pelo japonês Kanoa Igarashi, afirmando que daria uma nota alta, caso fosse o juiz.

“O surfe é subjetivo e o Kanoa fez uma manobra que ele não fez em quase toda a vida dele. O cara acertou na bateria, ele deu sorte. Foi para o tudo ou nada. Quando eu estava voltando, o Owen (Wright) falou: ‘Se fosse vocês não viravam, mas foi o Kanoa’. O aéreo foi bem executado. Eu dei 9.5, se eu fosse julgar, mas cada um tem sua opinião. Não posso falar porque não estou lá em cima, eu só surfo”, finalizou.