<
>

Fedor Emelianenko abre o jogo e explica porque recusou enfrentar Junior 'Cigano'

play
'O UFC não deu escolha': desafiante ao cinturão acusa Usman de fugir da revanche e desabafa (0:53)

Colby Covington disputa o cinturão dos meio-médios contra Kamaru Usman no UFC 268 em 6 de novembro (0:53)

Fedor Emelianenko explicou porque não quis enfrentar o brasileiro Júnior Cigano


Neste sábado (23), Fedor Emelianenko vai voltar a se apresentar no MMA. Após quase dois anos ausente das competições, o russo vai medir forças diante de Tim Johnson, no Bellator 269, que será realizado em Moscou (RUS). Mas antes deste confronto ser oficializado, o ex-campeão do Pride teve a opção de ‘escolher’ seu rival e optou pelo americano, para a frustração de muitos fãs, que esperavam outro nome de peso.

Não perca o Star+ Acesso Livre nos dias 22, 23 a 24 de outubro! Três dias completamente de graça com muito esporte AO VIVO, séries e filmes. Clique e saiba mais!

Assim que o Bellator anunciou o retorno de Fedor, houve uma expectativa do público para um possível duelo do russo com Junior ‘Cigano’ ou Alistair Overeem, que haviam acabado de deixar o Ultimate. Ciente dessa repercussão, Emelianenko explicou, em entrevista ao site americano ‘MMA Fighting’, o motivo de ter escolhido Johnson e preterido os outros nomes, em especial o do brasileiro, ex-campeão do UFC.

O ‘Cigano’, por exemplo, teve uma série de derrotas (no seu cartel) e também foi demitido do UFC. É por isso que não acho que seria muito adequado lutar contra ele em comparação com Tim Johnson. Sem mencionar que o Bellator surgiu com um monte de opções e Tim era uma escolha bastante óbvia”, explicou o europeu.

Fedor Emelianenko, de 44 anos, é um dos grandes nomes da história do MMA. O russo iniciou sua trajetória no esporte em 2000, marcou época no extinto PRide, como campeão do peso-pesado. A última apresentação do lutador aconteceu em dezembro de 2019, quando nocauteou ‘Rampage’ Jackson, ainda no primeiro round.