<
>

Nick Diaz celebra volta ao UFC, mesmo com derrota: 'Feliz por ter dado um show'

play
UFC: Marlon Moraes garante estar '100% recuperado' de lesão no ombro e diz: 'No topo, não tem luta fácil' (1:08)

Brasileiro falou com exclusividade com o ESPN.com.br (1:08)

No último sábado (25), Nick Diaz retornou ao Ultimate, após mais de seis anos afastado das competições, para encarar Robbie Lawler, em um duelo que estava carregado de expectativa. No entanto, o americano acabou derrotado pelo seu compatriota, por nocaute, no terceiro round de disputa no UFC 266, realizado em Las Vegas (EUA).

Apesar de ter saído com a derrota, o ‘bad boy’ não se deixou abater com o resultado negativo.

Em entrevista após o confronto, ainda dentro do octógono, Nick Diaz destacou sua felicidade por poder ter retornado ao Ultimate e ter feito uma boa apresentação.

“Estou feliz por pelo menos ter feito um show. Tive muito estresse vindo para essa luta, especialmente estando fora por um longo tempo. Eu não tenho desculpas. (…) Ele estava em ótima forma. Estou feliz por estar de volta. Estou feliz por ter dado um show”, disse.

Antes de encarar Lawler, a última aparição de Nick Diaz no UFC foi diante de Anderson Silva, em 2015, e o duelo terminou em ‘no contest’, já que ambos caíram no doping em exames divulgados após o combate.

No MMA profissional, o americano, que já disputou o cinturão dos meio-médios (77 kg) duas vezes, sendo derrotado em ambas, possui um cartel profissional de 26 vitórias, 11 derrotas, dois ‘no contest’ (luta sem resultado).