<
>

UFC: Cormier defende Anthony Smith em discussão com Ryan Spann após luta

play
UFC: Anthony Smith vence Ryan Spann com guilhotina linda, sai provocando e quase causa 'treta'; VEJA (0:45)

Anthony Smith venceu o evento principal e quase causou confusão após a vitória (0:45)

Anthony Smith deu show no UFC Vegas 37, mas uma confusão pós-luta quase apagou sua grande atuação no octógono. No último sábado (18), em Las Vegas (EUA), ‘Lionheart’ precisou de apenas um round para finalizar Ryan Spann e, como provou sua superioridade, provocou o rival. Imediatamente, membros das equipes dos atletas e seguranças tiveram que conter os ânimos dos envolvidos e Daniel Cormier opinou a respeito.

Em suas redes sociais, o ex-campeão do UFC e atual comentarista deixou a imparcialidade de lado e defendeu a postura de Smith, que não cumprimentou a vítima e sim zombou dela, ainda se recuperando no chão. De acordo com o veterano, episódios ríspidos entre os atletas acontecem com frequência e fazem parte do universo dos esportes de combate. Vale pontuar que, no pré-luta, Spann fez pouco caso das habilidades do adversário e minimizou suas realizações no MMA.

“Eu não tenho problema com a maneira como Smith agiu, quando você fala toda aquela m**** e acaba perdendo do jeito que Spann acabou de ser derrotado. Não precisamos apertar as mãos e abraçar. Smith é um gangster e não brinca. Realmente, foi uma noite fácil para ele. Bom trabalho!”, escreveu o ex-campeão do UFC em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Anthony Smith, de 32 anos, é um veterano do MMA, que segue em destaque nos meio-pesados (93 kg) do UFC. Atualmente, o americano ocupa o sexto lugar no ranking da categoria e possui uma sequência de três vitórias, sendo todas pela via rápida. No passado, ‘Lionheart’ disputou o título da divisão e, em boa fase no esporte, voltou a se aproximar de um possível duelo contra o campeão.