<
>

Ex-UFC revela que recebeu aval de Dana White para enfrentar youtuber no boxe: 'Tivemos uma boa conversa'

play
'Poirier podia acabar com McGregor de qualquer jeito', diz Thiago Pitbull, córner do norte-americano (1:07)

Brasileiro é técnico de Muay Thai do peso leve do UFC (1:07)

Ben Askren está aposentado do MMA, mas isso não significa que o americano se afastou dos esportes de combate. E a próxima aparição do veterano já tem data e adversário definidos. 'Funky', como o atleta é conhecido, vai enfrentar o youtuber Jake Paul em um duelo de boxe promovido pela empresa Triller no dia 17 de abril. De acordo com o wrestler, a realização do confronto não seria possível sem a permissão de Dana White, presidente do UFC.

A última aparição de Askren no UFC foi em 2019. Após ser finalizado por Demian Maia, o americano optou por se retirar do MMA devido a uma cirurgia de substituição de parte de seu quadril. Contudo, 'Funky' ainda estava preso ao seu contrato com a organização e, depois de se tornar alvo do 'trash talk' de Jake, precisou do aval de Dana White para poder aceitar o confronto – essa será a primeira experiência do wrestler no ringue.

A curiosidade é que, no passado, o cartola e o ex-campeão dos meio-médios (77 kg) do Bellator e do ONE Championship protagonizaram uma guerra verbal pelas redes sociais, mas o atrito não se tornou um empecilho. Outro ponto que causou surpresa nos fãs e membros da imprensa foi o fato do americano, conhecido pelo alto nível no grappling e pela pouca desenvoltura na trocação, se testar justamente no boxe.

“Dana não parece gostar muito de Jake. Isso parece ser totalmente verdade. Tivemos uma boa conversa, provavelmente, foi a conversa mais cordial entre eu e Dana. Foi relativamente fácil, não houve reclamações. O UFC concordou com praticamente tudo. Houve um certo incômodo com a Triller, porque ofereceu datas diferentes. Isso foi um pouco difícil, mas tudo correu bem”, revelou Askren ao site MMA Junkie.

Antes de chegar ao UFC, Ben Askren era apontado como um dos melhores lutadores fora da organização. Não à toa, o americano se tornou campeão dos meio-médios do Bellator e ONE Championship de forma invicta. Pela companhia de Dana White, ‘Funky’ disputou três lutas, superou Robbie Lawler de forma polêmica e, na sequência, perdeu para Jorge Masvidal e Demian Maia. Além de Lawler, os triunfos mais importantes do veterano no MMA foram sobre Andrey Koreshkov, Douglas Lima e Shinya Aoki.