<
>

Empresário revela desejo de fechar duelo entre Cody Garbrandt e José Aldo

play
Aldo diz que gosta de enfrentar lutadores como Marlon Vera pelo alto nível e explica: 'Meu estilo me favorece contra qualquer um' (0:53)

Lutador brasileiro conversou em exclusividade com a ESPN Brasil (0:53)

Após derrotar Marlon Vera e conseguir a primeira vitória no peso-galo (61 kg), José Aldo desafiou TJ Dillashaw, ex-campeão da divisão e que voltará de suspensão de doping em janeiro de 2021. No entanto, o brasileiro pode ter outro ex-detentor do título do UFC pela frente.

Em entrevista ao site "MMA Junkie", Ali Abdelaziz, empresário de Cody Garbrandt, revelou a intenção de promover um duelo entre o americano e José Aldo, pelo grande apelo que esse combate iria alcançar entre os fãs da modalidade.

O agente afirmou que sua ideia inicial é que o lutador enfrente Deiveson Figueiredo, pelo cinturão do peso-mosca (57 kg). Porém, com a expectativa do "Deus da Guerra" encarar novamente Brandon Moreno, depois do empate entre os dois, o agente cogita a chance do ex-campeão dos galos medir forças diante do "Campeão do Povo".

“Estou interessado em Cody Garbrandt contra Jose Aldo. Se o campeão dos peso-mosca estiver disponível, Cody será o desafiante número um. Isso é o que Dana White diz. Se ele não estiver disponível, todo mundo está com lutas ou vindo de derrotas”, disse Ali Abdelaziz.

“Acho que o Cody precisa de uma luta para levantá-lo, e acho que o José Aldo é uma luta para fazer isso com ele. Acho que poderia ser uma luta de cinco rounds, evento principal. Por que não? Acho que seria uma grande luta para o UFC”, completou.

Cody Garbrandt não atua desde junho deste ano, quando nocauteou Raphael Assunção, no segundo round, e encerrou o pior momento de sua carreira. Anteriormente, o ex-campeão dos galos havia perdido três lutas seguidas, sendo nocauteado em todas elas.