<
>

UFC: Ronaldo 'Jacaré' revela que Jack Hermansson se recusou a enfrentá-lo

Faltando poucas semanas para voltar a pisar no octógono mais famoso do mundo, Ronaldo ‘Jacaré’ sofreu com a mudança abrupta de seu adversário. Inicialmente escalado para encarar Marvin Vettori no dia 12 de dezembro, no UFC 256, que será realizado em Las Vegas (EUA), o brasileiro agora mede forças com Kevin Holland.

A mudança ocorreu graças ao teste positivo de Holland para COVID-19, que ia enfrentar Jack Hermansson neste sábado (5), no UFC Las Vegas 16. Atento a essa movimentação, o brasileiro revelou que se colocou à disposição para atuar logo neste fim de semana, diante de ‘Joker’, seu penúltimo algoz, mas recebeu uma negativa.

“Na verdade, eu me ofereci para me vingar do Hermansson, mas infelizmente ele não aceitou”, afirmou o brasileiro, que foi derrotado pelo sueco, em abril de 2019, por pontos, em entrevista ao site ‘Sherdog.com’.

Questionado sobre a alteração de oponente pouco tempo antes do combate, ‘Jacaré’ destacou que sua preparação estava toda voltada para um estilo diferente de atuar do que é mostrado por Holland. No entanto, ele garantiu que seu principal foco é voltar a vencer na organização e que vai passar por esse desafio.

“Fiz todo o meu camp com base em um canhoto da minha altura, (mas) agora vou enfrentar um lutador ortodoxo muito mais alto. Eu só quero lutar e voltar ao rumo das vitórias. Tenho muito respeito pela Holland, que é um garoto muito duro, mas vou vencê-lo”, afirmou.

Depois de alternar vitórias e derrotas em seus últimos compromissos, Ronaldo ‘Jacaré’ decidiu se testar nos meio-pesados (93 kg), mas acabou superado por Jan Blachowicz em decisão dividida dos juízes no UFC São Paulo, realizado em novembro do ano passado. De volta ao peso-médio, o faixa-preta enfrentaria Uriah Hall em maio deste ano, mas foi retirado do card do evento após testar positivo para COVID-19.