<
>

UFC: Brasileiro que 'quase' venceu Khabib revela jogo para superar campeão

play
Cormier conta conversa que teve com Khabib e diz o que sabe de um possível reencontro do russo com McGregor (1:50)

Rivais se enfrentaram em outubro de 2018, e Nurmagomedov venceu (1:50)

Em junho de 2012, Khabib Nurmagomedov fazia sua segunda apresentação no Ultimate quando teve um brasileiro pela frente. Gleison ‘Tibau’,apesar de derrotado pelo russo por decisão unânime dos jurados, é apontando por parte dos especialistas como o autor da luta mais difícil da carreira do atual campeão do peso-leve (70 kg) da organização. Então qual seria o segredo para segurar o ímpeto do europeu? O potiguar, que atualmente defende a bandeira do ‘Taura MMA’, fez a sua análise.

Em entrevista exclusiva, o brasileiro adiantou que seu estilo de luta o ajudou a incomodar a maneira de Khabib se apresentar. No MMA profissional desde 1999, ‘Tibau’ é conhecido por ter um forte jogo de quedas, mesma especialidade do russo, e ser um lutadores mais fortes da divisão.

“É tudo uma questão de encaixe de jogo. Ele é muito forte, tem uma pressão absurda e um bom wrestling. Vem dominando todo mundo e não tem luta difícil. Sobra demais. A nossa luta foi bem disputada, muitos apontam que eu venci, tive mais pontos, derrubei algumas vezes e ele não me derrubou. Apliquei mais golpes também. Eu sempre fui um dos atletas mais fortes da categoria, mas quando lutei com ele vi que era um monstro. Parecia que estava lutando contra um peso-pesado. Era uma pressão absurda”, analisou o brasileiro, antes de completar o ‘segredo’ para tentar bater Khabib.

“Eu sou um dos caras que tem a melhor defesa de quedas no MMA. O segredo contra o Khabib está aí. Para segurar a pressão dele tem que ter um bom wrestling e uma boa defesa de quedas. Se você conseguir segurar as quedas dele, fica mais fácil. Acho que hoje eu teria boxe para nocauteá-lo”, completou o brasileiro de 37 anos.

Neste sábado (24), Khabib vai para a sua terceira defesa de cinturão do peso-leve quando encara Justin Gaethje, na luta principal do UFC 254. Para ‘Tibau’, o desafiante é justamente o rival que pode, assim como ele fez no passado, mais incomodar o russo e se aproximar do triunfo. A explicação é simples: o estilo de jogo do americano.

“Hoje o Gaethje, com certeza, é um dos caras que pode dar mais trabalho para ele. Tem wrestling, mas não usa. Então vai depender do camp dele. Se ele fez de uma forma inteligente e colocar o wrestling ara funcionar, tem grandes chances de nocautear o Khabib, porque tem muita pegada. Esse é o jogo para quebrar o Khabib. Ter quedas e um bom boxe. Ele recebe muitos golpes e o Gaethje tem pegada”, explicou.

Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje se enfrentam na luta principal do UFC 254, neste sábado, na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi. O duelo colocará em jogo, além do cinturão linear dos pesos-leves, atualmente sob poder de Nurmagomedov, a invencibilidade do russo na carreira. Até o momento, o campeão soma 28 vitórias e nenhuma derrota em seu cartel. Enquanto o americano possui 22 triunfos e dois reveses.