<
>

UFC: Ex-desafiante de Ronda Rousey, Bethe Correia é dispensada após sete anos

play
Quem é Sean O'Malley, a grande sensação do UFC: estiloso, irreverente e invicto (1:15)

Atleta de 25 anos tem um cartel de 12 lutas e 12 vitórias como profissional (1:15)

Um dos nomes mais conhecidos do MMA feminino brasileiro, Bethe "Pitbull" Correia não faz mais parte do plantel de atletas do UFC. Ex-desafiante ao cinturão peso-galo (61 kg) do Ultimate, ela foi dispensada após perder para Pannie Kianzad no último dia 26 de julho, na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU).

No Ultimate desde 2013, Bethe iniciou sua trajetória na principal liga de MMA do mundo com três vitórias seguidas, o que lhe rendeu a oportunidade de enfrentar a então campeã dos galos Ronda Rousey, pelo título da divisão.

O duelo contra a americana no UFC 190, realizado no Rio de Janeiro (RJ), durou pouco mais de 30 segundos, com a paraibana sendo nocauteada e perdendo a invencibilidade na carreira.

Depois dessa disputa, a brasileira alternou bons e maus momentos dentro do octógono, somando duas vitórias, um empate e quatro derrotas em suas últimas apresentações. Aos 37 anos, Bethe encerra sua passagem pelo UFC, após quase sete anos competindo pela organização, com cinco triunfos, cinco reveses e um empate no total.

Outro veterano dispensado pela organização foi Evan Dunham, que havia retornado da aposentadoria em junho deste ano, quando foi finalizado pelo brasileiro Herbert Burns, no UFC 250. Anteriormente, o americano vinha de dois reveses e um empate.