<
>

Bellator confirma evento de fim de ano no Japão com duelo entre Fedor Emelianenko e Quinto 'Rampage' Jackson, lendas do Pride

Os fãs do extinto Pride FC, evento japonês de enorme sucesso entre o fim dos anos 1990 e início dos anos 2000, poderão viver um momento de nostalgia nos últimos dias deste ano. Nesta quarta-feira (9), Scott Coker – presidente do Bellator – confirmou que sua organização fará seu primeiro show no Japão no dia 29 de dezembro, em parceria com o Rizin, promoção nipônica comandada por Nobuyuki Sakakibara, co-fundador e ex-dirigente do Pride. E, para protagonizar o espetáculo, a entidade agendou para sua luta principal o confronto entre Fedor Emelianenko e Quinto ‘Rampage’ Jackson, duas das principais estrelas da antiga promoção asiática.

Dono de um prestígio inabalável no Japão, Fedor construiu grande parte de sua carreira no MMA no país asiático e é considerado por muitos como o maior atleta do esporte a competir por lá. Pelo Pride, o russo se manteve invicto em 15 combates, sendo 14 triunfos e um empate. O lutador – que conquistou o título peso-pesado da organização em março de 2003, com uma vitória emblemática sobre Rodrigo ‘Minotauro’ – permaneceu com o cinturão até 2007, ano da extinção do evento.

‘Rampage’ nunca chegou a conquistar o cinturão peso-médio (93 kg) do Pride, mas seu estilo agressivo o tornou um dos principais favoritos do público japonês. Apesar da trajetória vitoriosa no evento asiático, duas de suas lutas mais lembradas pelos fãs terminaram em derrotas por nocaute para o brasileiro Wanderlei Silva. Já pelo UFC, o americano conquistou o título da categoria meio-pesado (93 kg) da organização ao vencer Chuck Liddell em maio de 2007. Com os direitos sobre o Pride adquiridos pela mesma companhia que comandava o Ultimate, Jackson derrotou, em setembro do mesmo ano, Dan Henderson – então campeão até 93 kg do Pride –, e unificou as cintas das duas entidades.

“Para o debute do Bellator no Japão, nós queríamos trazer um evento massivo e lutadores com os quais os fãs japoneses pudessem se conectar. Dada a vasta história das artes marciais e do MMA no Japão, e especialmente na Saitama Super Arena, esse vai ser um show muito especial, o qual ninguém vai querer perder. Estou ansioso para o momento em que Fedor e ‘Rampage’ vão caminhar para uma multidão que os conhece desde o início de suas carreiras”, declarou Scott Coker em comunicado à imprensa, de acordo com o site ‘MMA Junkie’, antes de completar.

“Eu gostaria também de agradecer ao Rizin por sua ajuda em possibilitar a realização desse evento. Nós esperamos trabalhar juntos no futuro próximo para demonstrar o melhor talento que cada organização tem para oferecer”, concluiu o presidente do Bellator, relembrando a parceria com o evento japonês.

A estreia do Bellator no Japão está marcada para acontecer na lendária Saitama Super Arena, que abrigou diversas edições do Pride FC. De acordo com o dirigente, a parceria com o Rizin para o evento do dia 29 de dezembro vai produzir três combates entre atletas, ainda não divulgados, das duas organizações. O cartola também revelou o planejamento de adentrar o mercado europeu em 2020, com shows na Holanda e na Suécia.